Os desafios do marketing de varejo de moda em tempos de crise

Olá! Tudo bem pessoal? Dando continuidade ao tema exposto mês passado (O poder das blogueiras e sua relação com o marketing), falarei um pouco sobre os desafios do marketing de varejo de moda em tempo de crise.

Realizar uma compra por impulso nos dias de hoje, não faz mais sentido para vários shoppers deste segmento, que estão cada vez mais atentos às campanhas de comunicação de vendas expostas nas vitrines, redes sociais, cupons de descontos e “preços irresistíveis” para peças básicas do dia-a-dia.

Com a pulverização dos shoppings e galerias de grandes bairros, redução do fluxo de prospetcs circulando pelos mesmos e também o excesso de concorrentes oferecendo a mesma tendência de moda (leia aqui mocassim feminino prateado, como exemplo), fica difícil para uma marca garantir um bom mark-up em determinadas peças. É o famoso “não tem para onde fugir:” ou ele queima algumas peças com promoções de descontos progressivos, leve 2 pague 1, segunda peça com 30% de desconto ou então deixa de faturar e na maioria das vezes, de arcar com custos fixos como aluguel da loja e contrato com fornecedores.

No mercado da moda básica, – me refiro às marcas que apostam em roupas para ocasiões de trabalho e lazer, sem muito glamour ou grandes investimentos em acabamentos e referenciais – criar uma estratégia de comunicação de vendas é o ponto crucial para que o cliente perceba sua marca dentro de um mall de shopping (ou loja de rua).

E todas as ações que citei no terceiro parágrafo deste artigo estão sendo utilizadas pelas marcas, algumas sem sucesso e outras com algum respiro. Basta circular pelos shoppings como faço todo sábado, visitando a rede de lojas para a qual trabalho.

E claro, com tamanha concorrência e com todo mundo disputando o cliente, não serei eu que falarei das estratégias que estamos utilizando para alcançar os resultados estipulados pela companhia. Mas alguns pontos vale a pena citar:

1. Invista em criatividade;

2. Pessoal do Marketing: visite as lojas em dias diferentes da semana;

3. Pesquise, pesquise e pesquise;

4. Tenha paixão por este segmento, senão, mude de área;

5. E motive seu time de vendas.

5 regras de ouro que, muito bem exploradas, farão com que a crise continue batendo às nossas portas, mas com menos força. E você, trazendo resultados para a empresa.

Até dezembro! E que venham as campanhas de Natal!

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário