Bom, como de costume, o objetivo do artigo é responder algumas perguntas sobre a temática carreira. Desta vez, a enquete trás uma discussão que acredito mexerá um pouco com você, principalmente porque nos provoca uma autoavaliação de nossa competência em trabalhar com o outro.“O trabalho em equipe é um mal necessário?”

Confira abaixo algumas perguntas (e respostas) que recebi de seguidores nas redes sociais e leitores do blog.

Por que o trabalho em equipe é tido como um mal necessário?

Não vamos interpretar errado hein?! Quando é falado que é um mal necessário está relacionado à dificuldade óbvia de se trabalhar em equipe. Vamos fazer uma pesquisa básica entre nós mesmos? Vamos lá:

  • Você já teve problemas com alguém de sua equipe de trabalho?
  • Já desejou trabalhar só, sem depender de ninguém mais?
  • Concorda que necessariamente precisamos de uma equipe (mesmo não querendo)?

Então, se sua resposta foi sim para a maioria das perguntas, você entende que trabalhar em equipe é “ruim”, mas tem que acontecer.

Mas tem muita gente que prefere trabalhar sozinho. Essas pessoas podem ser consideradas na contramão do mercado?

Sim e não.

SIM, porque em todas as entrevistas que você possa ir, uma das primeiras perguntas em um processo seletivo é:

Você trabalha bem em equipe?

Pois é, se você responde com toda a sinceridade que SIMMMM! Estará fora da lista dos selecionados para próxima etapa.

Na verdade muitos de nós queríamos responder que sim, e isto também é sabido pelos RH’s, mas socialmente não é aceitável, pois, toda e qualquer atividade que faremos tem “gente” envolvida.

Mas, o NÃO, fica claro e nem preciso justificar. As pessoas sabem o quanto é difícil trabalhar em equipe, e o mercado já está entendendo que tem muita gente produzindo muito bem com uma equipe bem reduzidas ou até sozinhos.

Quais os principais desafios do trabalho em equipe?

  • Conviver com várias personalidades diferentes;
  • Trabalhar egos cada dia maiores;
  • Gerenciamento de conflitos constantes;
  • Ideias de divergentes;
  • Falta de comunicação e baixa troca de experiências entre as pessoas da equipe;
  • Falta do espírito de equipe;
  • Pouca participação;
  • Falta de criatividade;
  • Problemas na liderança;
  • Equipe muito grande;

Entre muitas outras que tenho certeza: você esta pensando agora aí enquanto lê, não é mesmo?

Dica do consultor

Para você que está neste mercado composto por tantas pessoas “loucas” sei que, às vezes, é desesperador, alucinante, e bate aquela vontade “controlável” de jogar tudo para o alto, no tocante ao trabalho com “gente”. Minha sugestão é: não se desespere e aprenda a manter sua inteligência emocional. Esta ferramenta vai te ajudar e muito a conviver com todos, sempre aprendendo com cada personalidade e jeito de fazer as coisas, sobretudo, aqueles que sejam bem diferentes de sua forma de pensar.

Espero que essa reflexão seja útil e que você compartilhe com sua rede.

É uma honra ter você como leitor e colaborador em nossas pautas. Inclusive, além dos artigos que escrevo aqui no IMKT, os temas mais comentados e sugeridos por você são discutidos também na rádio CBN Recife, através de entrevistas descontraídas e informativas.

Até a próxima e #vivalavida!!!

 

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário