A sua marca é mesmo diferentona?

As redes sociais já apresentaram seu primeiro meme do ano. E é claro, que várias marcas já entraram no buzz. Mas é preciso ter cautela. Será mesmo que o seu público quer, gosta, espera esse tipo de mensagem? Condiz com a característica, política da empresa e, principalmente, com a personalidade da sua marca, produtos ou serviços?

É fundamental se atentar para esses aspectos, não deixar se levar pela ânsia de entrar no flow. Ao contrário do que muita gente pensa, uma marca não precisa ser necessariamente engraçadinha – muitas vezes até mesmo infantil – para gerar o almejado engajamento, que por sinal, interação e engajamento já não bastam mais, a conversão sim, essa teria que ser o principal objetivo das campanhas.

Mas ora bolas Bruno, é só uma ação espontânea, pontual e oportuna de interagir com o meu público. Okey! Concordo plenamente e acredito ser super válido para as marcas que se encaixam dentro do contexto. Mas a nossa ótica aqui são para aquelas marcas que não estão conectadas em sua essência com o meme Diferentona. É muito mais que perda de tempo, é não falar a linguagem do seu público, correndo o risco de passar por oportunista, ser reconhecida como uma marca sem personalidade própria.

O Partido PMDB é um dos casos que tentaram entrar na onda do Diferentona e obteve centenas de comentários negativos. #Deuruim

Para os profissionais mais antenados do mercado de Social pode demonstrar que você está simplesmente realizando postagens e não campanhas, o que não condiz com um verdadeiro trabalho de planejamento estratégico em mídias sociais.

Quem se lembra da ação #fail do Banco do Brasil no dia dos pais chamando alguns clientes de “migo”, “parça” para desejar a eles feliz dia dos “papis” sabe do que estou falando. Gerou tantos feedbacks negativos que a empresa apagou, sim, fez a proeza de apagar a maioria dos tweets negativos e se desculpou aos muitos que se sentiram ofendidos.

 

Mas meu amigo, o estrago já foi feito, abalando a reputação de uma marca que se posiciona como robusta, confiável e tradicional. Abordar a sua audiência e clientes com uma comunicação inadequada que não condiz com a sua ideologia é extremamente perigoso.

 

Muito cuidado nessa hora, os memes são tentadores, e parece ser muito fácil seguir o pensamento de manada. Mas é aí, que se esconde o perigo e perde-se a oportunidade de se diferenciar, ter a sua própria linguagem e personalidade.

Neste mundo de excessos, economia da atenção e ruídos de mídia por todos os lados, nunca foi tão necessário diferenciar-se, criar estratégias próprias, memes personalizados, renovar e inovar, navegar no oceano azul, dar vida própria e energia a sua marca, ser você mesmo. Pode acreditar que a sua audiência busca autenticidade. Diferentona mesmo foi a (genial) moça que criou o meme em Novembro do ano passado, o resto é puro plágio.

A sua marca, produtos e serviços realmente são diferentes? Seus clientes percebem isso? Entrega esse tipo de valor? De Diferentão, talvez, a sua marca não tenha nada e seu público poderá perceber isto, cuidado!

O blog do projeto Implantando Marketing está concorrendo ao Prêmio Top Blog Brasil 2015. Se você curtiu este post, clique aqui e vote!

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply