Ao longo deste tempo, venho compartilhando com vocês um pouco do meu dia-a-dia como Gerente de Atendimento. Já comentei sobre situações engraçadas que aconteceram comigo, sobre a postura profissional, sobre o conhecimento necessário e, mais recentemente, recebi um pedido para comentar sobre o salário da área.

Esse é sempre um assunto delicado, pois não há verdade absoluta. Existe sempre o “depende”. Depende do tamanho da agência, depende da localização da agência (considerando cidades e estado), depende dos clientes que serão atendidos, depende da experiência e da formação do profissional, depende do cargo para qual será contratado (para saber mais informações sobre a diferença dos cargos, leia post sobre o assunto). São vários “dependes” que interferem na definição do valor do salário do profissional de atendimento.

Fiz uma pesquisa, considerando o mercado de Belo Horizonte e preparei um recorte simplificado, definindo uma faixa (ainda que ampla) de valores salariais médios da profissão.

atendimento publicitario

O quadro acima representa apenas uma estimativa e não deve ser considerado de forma isolada. Sim, existem variações. Para mais e para menos em todos os níveis. Como comentei no início, o “depende” interfere diretamente na negociação com as empresas.

Agências que possuem clientes maiores, com alto investimento em comunicação e publicidade, exigem um profissional mais capacitado para fazer a gestão da conta e, por isso, geralmente pagam mais. Nessas empresas, costumamos encontrar os diversos níveis com funções muito bem definidas. Geralmente, são empresas mais “departamentalizadas”. Agências menores nem sempre têm os níveis definidos e as funções se concentram em um único profissional, tendo este que atuar na parte operacional, de gestão da conta e no dia-a-dia com o cliente. Não vou classificar aqui qual é a melhor. Neste caso, depende muito da pessoa e do que se procura como profissional. O que deve ficar claro aqui são as especificidades de cada uma delas que devem ser analisadas com cuidado antes de optar por uma ou outra.

Em relação ao salário, a sugestão é que você defina bem seus objetivos profissionais e negocie com a empresa. Entenda qual é a necessidade da vaga e veja se preenche todos os requisitos. Mostre para ela sua experiência profissional. Tenho certeza que chegarão num valor que será interessante para ambas as partes.

Para os que estão entrando agora ou pensando em entrar, a sugestão é: arrisque. É impossível escolher sem conhecer. Comece onde tiver oportunidade e, à medida que adquirir experiência e conhecimento, defina que linha quer seguir. Não deixe de experimentar. Toda experiência é válida quando se está começando.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 comments

  1. Ana Karolina

    Olá, achei seu post por acaso no google e achei muito interessante, pois eu faço Publicidade e Propaganda e pretendo trabalhar na área de atendimento, aliás, esse sempre foi o meu objetivo. Será que você teria um e-mail de contato para que eu pudesse tirar dúvidas?

    Beijos

    • JULIANA REZENDE

      Olá Ana Karolina

      Fico feliz com sua decisão. Claro que tem: juliana.adc@gmail.com
      Estou à sua disposição.

  2. Marilene Pereira de Medeiros

    Boa Tarde Juliana Rezende, muito interessante seu post, gostaria muito de trabalhar nessa area de atendimento, estou cursando Publicidade e Propaganda e gostaria de saber se teria como me dar uma força?