Branding: Just do it

Você só compra os produtos da Nike. Cola o adesivo do logotipo no carro, confia nas ofertas que ela indica e compartilha nas redes sociais todos os novos lançamentos.

Já pensou que você não é o único? Será uma coincidência a Nike arrastar uma legião de fãs, além de você? Com certeza, não.

As empresas vêm investindo cada vez mais em ações que criem laços entre suas marcas e as pessoas. É uma estratégia que está nas entrelinhas, que vai além do que se vê e que leva o nome de Branding.

Vamos pensar na palavra em si. Brand é o termo em inglês para “marca”. O sufixo que acompanha (~ing) é o gerúndio dos gringos. Em português, seria algo como “Trabalhando a marca”, apesar de eu gostar mais da tradução literal “marcando” – pelo sentido que o verbo sugere, já que construir vínculos afetivos entre empresa e você, é, de fato, a marca te marcando.

O segredo mais importante de uma boa estratégia de Branding é investir em conhecer quais expectativas e necessidades o seu público tem e quais variáveis socioeconômicas, políticas e psicossociais existem. Além disso, trabalhar experiências únicas e envolver consumidores para associar a marca aos sentimentos únicos de cada um, é fundamental.

E é isso o que a Nike faz. Dona de um dos símbolos mais conhecidos do mundo – entre outros universais como o de porcentagem (%) ou a cruz católica, o amor que a empresa desperta no seu público é um case antigo que se renova a cada ano. Hoje, o logotipo é tão forte que o nome é a imagem e a imagem é o nome. Mas eles não acertaram de primeira. Isso é resultado de anos de experiências e adaptações.

O clássico slogan “Just do it”, por exemplo, surgiu apenas em 1988 e foi o responsável por alavancar a marca entre os concorrentes. A inspiração para a simples frase partiu das últimas palavras de um condenado à morte que, antes de morrer, gritou aos atiradores: “let’s do it!” (“vamos fazer isso!”). “Just do it” (apenas faça, em português) é a Nike dizendo ao mundo: é simples, vamos!, você pode, apenas faça.

A campanha é a quarta melhor da história, segundo a Advertising Age, e inspira pessoas até hoje. Seus criadores já revelaram, inclusive, que receberam centenas de histórias de superação, sensibilizadas pelo ‘just do it’.

Hoje, a Nike continua investindo em ações de Branding. Uma das iniciativas mais impactantes, foi a criação de áreas para exercício físico dentro das sedes da própria empresa. São gramados, salas de ginástica e pistas de corrida que existem para uso exclusivo de quem trabalha lá. A ideia (genial, por sinal) é incentivar o espírito esportista entre os funcionários, para aproximá-los das expectativas do público-alvo, que são pessoas apaixonadas por esporte.

É a partir desse encontro entre expectativa e satisfação que nasce o envolvimento e o amor entre gente e marca. Como em todo o amor, esse é um processo de sedução e não se acaba nunca.

Na mira das empresas, estão objetivos cada vez mais desafiadores. Enquanto nos resultados entre as pessoas, surgem paixões cada vez mais influenciadoras. É isso.   Just do it.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply to Bruna Cancel Reply

4 comments

  1. Karla

    Ótimo post, simplificou e explicou bem :)

  2. Carla Ferrari

    Inspiração, essa eh a palavra, esse eh o caminho. Encantando, surpreendendo, pensando em voce, assim as marcas conquistam seus adeptos e se consolidam. Algo do tipo, repetindo o bordão de uma conhecida marca, fazemos tudo por voce! Adorei o texto, que nos convida a varias reflexões!

  3. Renato SANTOS

    O mais interessante é que esse processo de sedução que nunca termina, Quem faz todo esse projeto de consolidação da marca é um gênio!!!

    • Bruna

      Hoje, não basta produto e promoção, não é? Clientes precisam se engajar, precisam de paixão… E esse é um plano eterno. Tudo muda o tempo todo então precisamos sempre de novas experiências para mantermos “a chama da paixão acesa”..rs