Como montar uma equipe de marketing conteúdo?

Que o marketing de conteúdo é uma tática fundamental para os negócios, muitos empresários e gerentes de marketing (CMO) sabem. Mas aplicar estratégias de marketing de conteúdo no seu negócio está longe de ser algo “fácil” de se fazer.

No livro Marketing de Conteúdo Épico, Joe Pulizzi (fundador do Content Marketing Institute), diz que criar peças de conteúdo dentro de uma empresa, não é apenas função da equipe de marketing. Esse pensamento é refletido em um dos dados na pesquisa Content Trends, realizada pela Rock Content.

“60% apresentam apenas a equipe interna como a responsável pela produção de conteúdo.”
(Content Trends, 2017)

E QUAL A SOLUÇÃO?

Quando falamos em conteúdo não estamos nos restringindo a forma escrita apenas, mas também áudio, vídeo e imagem.

Seguindo a linha do autor do livro, por que não gravar vídeos e áudios das palestras e entrevistas em que participaram os líderes da sua empresa?

Você pode usar esse material e replicar em diversas peças de conteúdo como…

  • Pegar uma frase de impacto, criar uma imagem e publicar nas redes sociais.
  • Editar um trecho do vídeo e promover no Facebook e Instagram… E por que não no Whats App?
  • Usar o conceito da palestra e escrever um artigo e publique no blog da empresa ou em um blog parceiro (guest post).

Se você acha que você só consegue fazer isso apenas com os líderes da sua empresa, está completamente enganado.

A maior fonte de ideias para produção de conteúdo está em atendimento e vendas.

Peça para que seus atendentes e vendedores anotem todas as dúvidas, objeções e problemas que eles tem vivenciado até chegar ao seu produto/serviço. Ou mesmo depois de tê-lo contratado, quais foram os fatores que o motivaram a tomar essa decisão.

Caso queira ir mais além, você pode investigar e descobrir os principais motivos que levam seus clientes a “deixarem” você e produzir conteúdos que possa tentar ajudar a reverter isso.

Talvez a essa altura você até pense… Ok! Mas quem vai fazer isso?

Você pode delegar as funções ou incentivar seus colaboradores a participarem através de programas de incentivos (acredite nem todo mundo quer só dinheiro).

Afinal, o reconhecimento é o bem mais caro e intangível e  todo mundo gosta. Não é mesmo?

Você pode dividir as equipes em produção de texto, vídeo e imagem em que uns irão revisar o trabalho do outro, tudo com prazo de entrega muito claro.

Esse é o ponto em que muitas empresas se complicam, como tirar um tempo do funcionário que muitas vezes já é escasso para cumprir uma função extra não remunerada dentro da sua jornada de trabalho?

Ora meu caro! É preciso parar de pensar no curto prazo e começar a fazer as contas a médio e longo prazo!

Chegue a um acordo junto aos gestores desses colaboradores para que os liberem de suas funções durante um determinado período para poderem cumprir com o projeto que se ofereceram.

Essa não é uma decisão simples de tomar, nem tão pouco de agir é preciso ter muito bem planejado os resultados que se pretende alcançar.

Assim como é preciso uma política da boa vizinhança com os gestores das áreas em que estão os colaboradores.

A medida que os resultados começam a surgir (conforme diz o autor do livro), inicia-se um engajamento cada vez maior da empresa em que todos querem participar do projeto e trazer bons resultados para o negócio.

E você, acha que vale a pena investir nesse tipo de estratégia aí na sua empresa?.

 

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.