Como os bitcoins vão afetar seu marketing?

Meios de pagamento, este não é um assunto muito comum em marketing, não é mesmo? Geralmente, este tema costuma ser trabalhado pela área Comercial e não foge do modelo tradicional. Afinal, está aí um assunto que muda pouco, daquelas coisas relegadas ao ‘modo automático’.

Porém, estamos vivenciando um período de mudanças e criação de novos modelos. Uma era de economia compartilhada, consumo colaborativo e modelos alternativos de negócios, estimulados pelo avanço da tecnologia.

Empresas mais jovens e menos tradicionais são muito abertas às essas inovações e costumam ser disruptivas, apesar de não serem maioria, elas já estão transformando alguns modelos em tendências.

Além disso, esses novos modelos forçam a uma mudança de comportamento no modo de consumo e no consumidor que quer construir uma narrativa diferenciada.

Não que “moeda” deixará de ser a mais importante forma de troca, porém também não será a única alternativa. Pode ser que um cenário mais amplo ainda demore a ocorrer, mas não ignore o que está por vir.

Mas, você começou a ler o artigo por causa do bitcoin, não foi? Vamos falar dele.

Embora não sejam reconhecidas oficialmente, as criptomoedas, que utilizam a tecnologia blockchain, já estão sendo adotados por um número significativo de pessoas comuns, e não mais apenas early adopters, e atualmente transações importantes podem se dar por meio delas.

Na realidade, essas tecnologias nem são tão novas. Ouvi falar de bitcoin pela primeira vez entre 2009/2010 e achei que fosse uma coisa para usar no Second Life. Não enxerguei como algo que poderia realmente existir.

No ínicio, a moeda não era valorizada e ter 10 mil bitcoins, super fácil.
Tanto que esse foi o preço da primeira transação realizada com a moeda virtual, feita para comprar 2 pizzas.

De lá para cá isso já se alterou drasticamente. Apontada como bolha financeira, apenas em 2017, a moeda se valorizou 1800%. A cotação de dezembro US$ 19.857.

Agora, imagina as pizzas mais caras do universo? São essas duas aí mesmo!

Por tudo isso, já há empresas atualmente aceitando receber bitcoin como pagamento.
Não que seja tão simples assim, mas é importante ficar atento a essas mudanças e, como profissional de marketing, é interessante ter mais conhecimento sobre o assunto.

É desejável que, para um bom resultado financeiro, marketing e comercial estejam em sintonia e esse tema pode entrar na pauta e na forma como estruturamos nossos planejamentos de marketing.

Ainda que não seja bitcoin, que isso seja só uma moda passageira, uma bolha financeira mesmo, é certo que iremos caminhar para mudanças, portanto, ignorar os movimentos do mercado e as inovações não pode ser uma alternativa.

É bom antecipar suas estratégias de marketing aos movimentos dos seus clientes. Preferencialmente, estar à frente deles!

As criptomoedas estão sendo difundidas e utilizadas como alternativas ao sistema de pagamento tradicional indicando uma forte tendência de consumidores a adotá-las tão logo tenham mais informações, passem a ser reconhecidas oficialmente e se sintam seguros.

Por isso, acredito que seja interessante procurar aprender um pouco mais sobre como funcionam, como realizar transações por meio delas e como trazer benefícios e vantagens aos negócios da sua empresa.

 

 

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.