Conceitos de Marketing – A operacionalização das estratégias depende deles

Neste artigo decidi fazer diferente, optei por destacar as atribuições e atividades do marketing nas empresas. Por dois motivos: O 1º por acreditar que revisão nunca é demais, até o completo domínio dos conceitos e mesmo assim ainda defendo que devemos estar continuamente revendo-os; 2º Por estar continuamente vendo e testemunhando o desconhecimento total das aplicações e atribuições do marketing e do profissional. Então, segue o que acreditamos ser didaticamente adequado e com facilitador de utilização prática.

Tarefas do Marketing na Organização

O Marketing é muitas vezes realizado por um departamento dentro da organização, isso é bom e ruim, uma dicotomia perigosa de analisar, mas vista com olhos da necessidade de interação dos departamentos, fica muito bem explicado.

É bom porque une um grupo de pessoas treinadas que se concentram nas tarefas do marketing.

É ruim porque as atividades de marketing não devem ser realizadas em um único departamento, mas eles devem se manifestar em todas as atividades da organização em um processo de interação e interdependência produtiva e necessária para que os objetivos da organização sejam atingidos.

As técnicas do Marketing, quando empregadas pelo profissional da área, funcionam de maneira cadenciada e sequencial, no intuito de estimular o consumo dos produtos/serviços de uma empresa, mas, sendo essa uma visão simplista, podemos ampliá-la a ponto de dizer que, o profissional de Marketing é o responsável pela gestação da demanda de uma empresa, tal qual os profissionais de produção e logística são responsáveis pela gestão do suprimento.

Descrever as tarefas do Marketing em uma Organização, neste momento será meramente o primeiro ponto de repetição de tudo que será visto daqui para frente, mas podemos determinar como tarefas do Marketing na empresa os pontos abaixo como de grande relevância os descritos a seguir:

– Identificar novos produtos e agregar-lhe valores;

– Lançar novos produtos no mercado;

– Identificar nichos de consumo e a mais eficaz maneira de conquistá-los;

– Avaliar e gerar demanda;

– Segmentar os mercados identificados como público alvo;

– Realizar pesquisas, sejam de opinião, “recall”, identificação de necessidades e desejos, ou de qualquer um outro tema relativo aos interesses da empresa;

– Formatar planejamento estratégico às empresas, para que elas se posicionem de maneira adequada em seu mercado alvo;

– Dotar todos os colaboradores de informações para que estejam ligados direta ou indiretamente ao atendimento ao consumidor, de ferramentas de controle de ações que visem atender da melhor e mais agradável maneira os clientes;

– Acompanhar e elaborar resultados de pesquisas mercadológicas;

– Acompanhar todos os passos do departamento de vendas, e sempre que possível agregando-o para si;

– Dotar todo o sistema da empresa de ferramentas para proporcionar o máximo de satisfação para os seus consumidores;

– Criar uma linha de comunicação empresarial, tanto de dentro para fora, quanto de fora para dentro, e internamente (endomarketing) da empresa;

– Usar o ferramental do Marketing para munir a força-de-vendas de argumentos para os processos de abordagem, fechamento e fidelização e contra a concorrência;

– Acompanhar as ações das agências de propaganda e publicidade, dando-lhes todas as informações necessárias para que realizem campanhas promocionais dentro dos objetivos traçados no planejamento estratégico;

– Organizar eventos para lançamento de produtos ou promoções e fazer adequadamente o Merchandising e na hora adequada;

– Acompanhar os Serviços de Atendimento ao Consumidor (SAC);

– Promover a interação entre os departamentos da organização.

Uma visão abrangente das tarefas do MARKETING

Gerentes de Marketing procuram influenciar o nível, a velocidade e a composição da demanda para alcançar os objetivos de organização, mas devem estar sempre atentos, no sentido de que o consumidor tem que ser sempre visto como o objetivo maior da empresa.

Na verdade, estes profissionais envolvem-se no marketing de bens, serviços, experiências, eventos e muitos outros segmentos empresariais, dessa forma, lidar com todos esses processos ou parte de processos empresarias, requer uma quantidade considerável de trabalho e técnicas.

A administração do Marketing ocorre quando pelo menos uma das partes envolvidas em uma negociação pensa sobre a melhor forma de obter respostas, de como atender as demandas do mercado.

Vemos a administração do Marketing como a arte e a ciência* da escolha de mercado-alvo e da captação, manutenção e fidelização de consumidores por meio da criação, da entrega e da comunicação de um valor superior para o cliente.

Podemos chamar este movimento de desenho estratégico ou de estratégias, assim defende Michael Porter (Harvard Business Review – novembro 2007) “O lema da estratégia competitiva é ser diferente. Significa escolher, de forma deliberada um conjunto diferente de atividades para proporcionar um mix único de valores.”

O gerente que consegue manter em mente estes princípios contará com uma equipe estável e mais lucrativa para a empresa e com isso manterá seu nível de estresse muito mais baixo.

Marketing não é venda, assim afirma Kotler, mas podemos afirmar que sem vendas a empresa não vive, sem marketing não sobrevive, sendo assim, estimular as equipes de vendas a operacionalizarem as estratégias de marketing, mantendo o setor nutrido de informações, é sem dúvida o sonho acadêmico de um mundo corporativo melhor.

Estou esperando sua participação. Escreva para nós, leia as outras colunas, comente. Aguardo os seus comentários > professorfreire2008@gmail.com

 


* Segundo Kotler, o marketing é uma ciência em algumas de suas partes, pois podem ser provadas regularidades de acontecimentos dentro de processos pré-estabelecidos.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comments

  1. Eliane Lages

    Parabéns pelo post, Prof. Freire! É sempre bom relembrarmos os conceitos chaves da área de marketing para que possamos melhorar cada vez mais nosso trabalho. Ótima citação do Porter. O mercado e as empresas devem sempre desenvolver produtos e estratégias diferentes para atender o consumidor da melhor forma possível e o profissional de marketing deve ficar bem antenado nisso.

    Abraços, Eliane.

  2. Excelente post!
    O marketing é uma ferramenta indispensável dentro do campo empresarial, mas muitas empresas o utilizam de maneira incorreta, ignorando sua seriedade e profissionalismo. O marketing deve ser visto como uma estratégia interna à empresa, com a mesma seriedade com que se trata as estratégias para sociedades e investimentos externos. Esse post é uma grande ajuda para que isso passe a ocorrer no mercado, parabéns!