Confira as dicas de Fernanda Patrocínio sobre redação e imprensa

Associada do projeto Implantando Marketing desde 2012, a jornalista Fernanda Patrocínio é uma das peças fundamentais para o funcionamento do blog, sendo uma das responsáveis pela revisão dos textos. A profissional já atuou como assessora de comunicação e atualmente trabalha na área de eventos. Conheça um pouco mais sobre a associada destaque do mês de setembro, do blog do projeto Implantando Marketing, e confira as dicas dela sobre a área de assessoria de imprensa e produção de textos.

Implantando Marketing: Fernanda, sua formação é na área de jornalismo, um campo cheio de opções. O que lhe fez optar por atuar na área de assessoria de imprensa?

Fernanda Patrocínio: A área de assessoria de imprensa permite ao jornalista desenvolver um trabalho mais próximo e estruturado junto ao cliente. Por estruturado, quero dizer conhecer melhor o cliente, entender seus objetivos e expectativas em relação a atividade de assessoria e fazer o (im) possível para auxiliá-lo na obtenção de resultados. Mesmo sendo necessário dinamismo e agilidade na execução das ações, acredito que o trabalho de assessoria permite ao profissional exercer também, a atividade de planejamento, pensar mais estrategicamente, atividades que me agradam e que busquei conciliar no exercício do jornalismo.

Implantando Marketing: A construção de um bom relacionamento com jornalistas é fundamental na profissão do assessor de imprensa. Qual conselho você daria para os futuros profissionais para construir essa relação?

Fernanda Patrocínio: Respeito, cordialidade, bom senso e profissionalismo são essenciais na construção de um bom relacionamento entre o assessor e o jornalista. Ao assessor cabe sempre produzir conteúdo de qualidade e atrativo aos olhos do jornalista. Afinal, é preciso fazer com que o seu texto (e consequentemente o seu cliente) se destaque em meio a tantos outros que o jornalista recebe diariamente, não é mesmo?

Além disso, considero importante ter (ou ir estruturando ao longo de sua trajetória profissional, através de contatos em eventos, cursos, etc.) um mailing bastante organizado e atualizado dos profissionais (e das áreas que costumam cobrir), incluindo também os principais veículos de comunicação. Dessa forma, acredito que o assessor consegue otimizar as ações de divulgação e torná-las mais assertivas. Outro ponto relevante é saber qual é a dinâmica de funcionamento (horários, dias de fechamento, deadline) e quem são os editores, pauteiros, repórteres, produtores de cada veículo, a fim de encaminhar o material no momento certo e para a pessoa certa. Ter esse cuidado significa otimizar o seu tempo e o do jornalista que vai receber o seu material.

O follow-up (atividade que consiste no contato do assessor com o jornalista, pré e pós envio de material para confirmar recebimento) quando bem executado, pode fazer toda a diferença para o assessor. Nesse contato pode-se ampliar as chances de ter um release, nota, sugestão de pauta (dentre outros) trabalhados pelo jornalista e também esclarecer uma possível dúvida em relação ao texto encaminhado ou sugerir uma nova abordagem em relação ao tema, um novo foco.

No entanto, é importante que o assessor faça o ‘follow’ em horário oportuno para o jornalista e nunca seja insistente. Caso perceba que o jornalista não tem interesse pelo assunto ou disponibilidade para conversar naquele momento, seja educado, agradeça e, quando possível, pergunte qual o melhor horário para um novo contato. O bom assessor fará desse momento, uma oportunidade para criar uma maior proximidade com o profissional de imprensa, buscando informações sobre os assuntos que estão sendo trabalhados ou até mesmo sugerir que o assessorado seja uma possível fonte para uma determinada matéria.

Implantando Marketing: Divulgações sigilosas em mídias sociais já causaram muitos problemas para empresas e personalidades públicas. Você acredita que as mídias sociais atrapalham o trabalho do assessor de imprensa ou podem ser aliadas?

Fernanda Patrocínio: As redes sociais quando bem utilizadas contribuem para o desenvolvimento das ações de assessoria, sim. Mas, é preciso bom senso sempre! No caso de empresas públicas e privadas, as redes sociais podem ser úteis para divulgar alguma ação, produto ou serviço e captar a percepção do público, além, é claro, de permitir uma interação mais próxima entre empresa e público. No entanto, ciente do alcance que as redes sociais têm atualmente, acredito ser primordial uma avaliação criteriosa a respeito do conteúdo a ser divulgado pelas mídias, que deve estar sempre relacionado a uma ação estratégica da empresa. No entanto, imprevistos, como o vazamento de algum dado sigiloso, imagem ou declaração comprometedora podem ocorrer. Nesse caso, é primordial que a empresa, no caso o departamento de assessoria, saiba agir com transparência e ética, repassando prontamente as informações necessárias para o esclarecimento da situação junto a imprensa e, consequentemente, ao seu público.

O assessor deve estar preparado e se antecipar a possíveis fatores desencadeadores de crises em uma empresa, desenvolvendo um planejamento de ações estruturados e preparando-se para prestar os devidos esclarecimentos, buscando zelar pela reputação e imagem do seu assessorado.

Implantando Marketing: O jornalista, além de trabalhar com a apuração dos fatos e com a criatividade na hora de escrever seu texto, deve também ser um conhecedor da forma correta da língua portuguesa. Quais dicas você daria para que os colegas da área escrevam um bom texto?

Fernanda Patrocínio:  Em termos “técnicos” as dicas são: identificar quem é o público para o qual você escreve, adequar o texto a mídia onde ele será divulgado (rádio, tv, revista, jornal impresso, site, blogs, etc.), pesquisar sobre o que vai se falar, caso seja um assunto que não domine. Ser objetivo e claro em suas ideias, ter atenção ao uso da língua, estar atento ao novo acordo ortográfico, evitar expressões rebuscadas, coloquialismos, gírias, estrangeirismos… basicamente seguir todas aquelas recomendações que aprendemos desde a escola e, sim, continuam funcionando. Acredito que os bons resultados são sempre alcançados com a prática e uma certa dose de desapego e autocensura. Portanto, escreva sempre, de bilhetinhos a artigos e leia muito. Afinal, essas são ações complementares escrever-ler-reescrever. Também considero importante realizar cursos, como por exemplo de técnicas de redação, de português e outros que estimulem as ideias e a criatividade na hora de produzir um texto.

Implantando Marketing: Há três anos você é associada do Projeto Implantando Marketing e já participou do núcleo Assessoria de Imprensa e do Blog. Como o projeto contribuiu para sua carreira e formação?

Fernanda Patrocínio: A primeira contribuição do projeto é me permitir estar sempre atualizada sobre a área de comunicação e marketing, fator essencial para os profissionais da área. É muito valioso aprender, trocar experiências e despertar para novos interesses e aprendizados, a partir do valioso material produzido pelos associados de cada núcleo. Ressalto que, para além da questão do aprendizado, o projeto tem me permitido também desenvolver e fortalecer competências profissionais e pessoais cada vez mais valorizadas pelo mercado, como trabalho em equipe, dedicar meu tempo a uma ação que possa contribuir para o aprendizado de outras pessoas, ampliar meu círculo de relacionamentos profissionais e também, descobrir e aprimorar minhas potencialidades. Cabe aqui, o meu reconhecimento e gratidão, à Eliane Lages, coordenadora do Núcleo Blog, que foi quem me abriu as portas para participar do Projeto Implantando Marketing e é para mim, hoje, uma grande incentivadora e profissional.

Implantando Marketing: O blog do projeto Implantando Marketing já conquistou o 1º lugar no Prêmio Top Blog Brasil na categoria Marketing por dois anos consecutivos, 2011 e 2012. Neste ano ele concorre novamente na categoria Economia e Negócios. Em sua opinião, o que fez com o que o blog fosse agraciado com esses prêmios e qual a sua expectativa para a premiação de 2015?

Fernanda Patrocínio: O blog do projeto funciona como um grande fórum aberto, possibilitando trocas de experiências e interação entre os membros e pessoas interessadas em compartilhar conhecimentos e aprendizados sobre a área de comunicação e marketing, por meio da publicação diária de conteúdo de alta qualidade. Somente por esses aspectos, acredito que já justificaria o reconhecimento do blog, através das premiações recebidas e também das indicações. Mas, além desses diferenciais, destacaria, que quem integra os núcleos do projeto reconhece a importância do projeto como vitrine profissional e instrumento de capacitação pessoal e profissional. Para 2015 o meu desejo é que o blog conquiste mais uma vez este merecido destaque.

Se assim como a Fernanda Patrocínio você também curte o conteúdo do blog, clique aqui e ajude o blog do projeto Implantando Marketing a conquistar o Prêmio Top Blog Brasil 2015. A comunicação e o marketing agradecem!

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.