Há um provérbio chinês que diz o seguinte: “Se você me disser alguma coisa eu vou esquecer. Se você me mostrar eu vou entender. Se você me envolver eu vou lembrar”.  Será que estamos transmitindo mensagens relevantes que envolvam o público? Muitas empresas se preocupam em transmitir informações a qualquer custo sem se preocupar com o propósito da comunicação e com a interação dos espectadores. Para descontrair, convido vocês a assistir o vídeo abaixo:

E ai, o que achou?  Diariamente, somos bombardeados por diversas mensagens publicitárias. Qual são os segredos para fazer com que o nosso cliente se envolva com a nossa empresa? Existem dois elementos principais:

Fazer com que o público participe da construção da mensagem;

Suscitar emoções no seu público, resgatando lembranças, provocando reflexões e risadas;

Para ajudar você nesse processo, quero compartilhar o conceito de Emotional Branding de Marc Gobé; o designer defende que a conexão entre a empresa e o cliente deve ser formada por uma sinergia entre RAZÃO (elementos da mensagem que tragam credibilidade à marca e fortaleçam os reais benefícios), EMOÇÃO (elementos da mensagem que provoquem lembranças) e DESEJO (elementos da mensagem que motivem a ação de compra).

Para ilustrar esses conceitos, Gobé criou 10 mandamentos, que devem pautar a mudança de posicionamento das marcas rumo ao envolvimento do consumidor. Compartilharei abaixo alguns desses mandamentos incluindo dicas para coloca-los em prática:

1 – De consumidores para pessoas – Segundo Gobé, os consumidores compram, enquanto as pessoas vivem; para aplicar esse conceito, é necessário que você amplie as formas de interagir com o público, buscando inicialmente conhecer melhor os seus clientes , propondo campanhas colaborativas na internet, dialogando com os seguidores das mídias sociais e encontrando formas de personalizar os seus produtos ou serviços. A chave é deixar de simplesmente atender para se relacionar com o público, ou seja, manter uma relação de troca.

2 – De produtos para experiências – Para o autor, produtos atendem as necessidades e experiências satisfazem desejos; uma forma de propor experiências é a realização de eventos com conteúdos ligados a sua marca: palestras, cursos, promoções, entre outros.

3 – De qualidade para preferência – A união entre qualidade e preço é buscada em todos os produtos, mas a preferência cria um vínculo de relacionamento; para conquistar a preferência do público, é necessário que a sua marca esteja presente de forma relevante, fornecendo conteúdos como e-books, manuais, dicas, etc, que demonstrem que você se preocupa com o seu público.

4 – De notoriedade para aspirações – Gobé defende que ser conhecido não significa ser amado; dessa forma, para fortalecer uma relação de amor do seu público com a marca, é importante divulgar novidades que criem expectativa e desejo para adquirir os produtos ou serviços. Um exemplo de marca que faz isso muito bem é a Apple.

5 – De identidade para personalidade – Identidade é reconhecimento. A personalidade alude ao caráter e carisma; faça a seguinte pergunta: se a marca da minha empresa fosse uma pessoa, como ela seria? É importante que, ao se comunicar com o público, você tenha coerência com essa ideia, ou seja, se a sua marca é mais jovem e descontraída, a linguagem utilizada nos canais deve ser informal e divertida.

6 – De comunicação para diálogo – Comunicar é dizer, enquanto dialogar significa compartilhar, se relacionar e trocar informações.  Por isso, convide seu público a participar de suas ações, faça pesquisas sobre as preferências dele, utilize as mídias sociais para estabelecer uma relação de proximidade e confiança.

E ai, o que achou dos mandamentos?

O desafio é grande, mas uma vez que a empresa investe no envolvimento do público, ela aumenta a confiança e a fidelização dos clientes. Pense nisso: Emotional Branding.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply

5 comments

  1. Olá Tainah,

    Muito legal esse conceito de Emotional Branding, eu não conhecia.

    Ótimos mandamentos e aplicáveis tanto em produto como serviços, vou recomendar essa leitura para meus contatos.

    Abraço,

    Priscila Stuani

  2. Tainah Veras

    Olá Priscila! Fico feliz que tenha gostado e super agradeço por recomendara leitura! Abraço, Tainah.

  3. Amanda Santos

    Muito interessante Tainah.
    Impressionante o impacto que um sentimento por uma marca pode causar.
    Gostaria de trabalhar essa ferramenta mais profundamente gostei!!!

    Parabéns.

  4. Tainah

    Olá Amanda! Fico feliz que tenha gostado! Se quiser podemos conversar um pouco mais sobre o assunto, posso te ajudar a trabalhar isso, me adicione no facebook: Tainah Veras. Beijo e sucesso!

    • Amanda

      Mais que add! Rs

      Vai ser um prazer!

      Obrigada.

      Abs.