Empreendedor: Quando as ideias não saem do papel

Dando sequência ao post anterior: Minha empresa esta falindo, o que fazer? Proponho a vocês, empreendedores, aprenderem junto comigo mais um pouco sobre a importância da boa execução para o sucesso de todo e qualquer plano estratégico.

Como disse André Varga em seu blog  “Por mais que sua empresa tenha um plano estratégico arrojado, um produto ou serviço extremamente inovador, talentos invejados no mercado, se não dispor de um atributo essencial, não chegará a realizar o sucesso que almeja. A Execução é o que liga os planos e metas com os resultados. Sem uma execução bem feita, suas metas não sairão do papel e não passarão de meros desejos, sonhos”.

Um livro muito interessante que trata deste assunto de forma exemplar é “Execução: a Disciplina Para Atingir Resultados – Larry Bossidy, Ram Charan”. Vale muito a pena sua leitura. Os autores utilizam exemplos de grandes empresas globais para apontar os caminhos para a Execução – uma disciplina para mesclar estratégia e realidade. O fato é que as estratégias são criadas para serem implementadas. Nunca devem ser fórmulas rígidas endeusadas em grandes livros de planejamento. A menos que você traduza as grandes ideias em passos concretos para ação, elas são inúteis.

O seu plano estratégico precisa ser real de fato, então dentro da sua empresa, ele deve ser muito bem explicado. Quem efetivamente vai fazer o que e como. Certifique-se que ele foi aprendido e que de forma tomara corpo em cada departamento da sua empresa. Avalie seu pessoal. Garanta-se que possui as pessoas certas dotadas com as habilidades adequadas, alocadas nas funções corretas. Identificando alguma falha seja rápido, busque ajuda de um profissional especializado para juntos recrutar e formar uma equipe de operações que conseguirão colocar a mão na massa e fazer as mudanças que precisam ser feitas de forma rápida e eficiente.

O empreendedor precisa ser um líder que além de ter um pensamento tático tenha também um pensamento prático que enxerga aquilo no dia a dia da sua empresa, os obstáculos que irão aparecer, a dinâmica dos setores e perceba se as pessoas dentro da empresa estão preparadas e quais ainda não estão preparadas.

Muitas vezes é a habilidade para executar excepcionalmente bem o que promete, o diferencial competitivo de algumas empresas. Elas além de cumprir o que vem prometendo, surpreende ao fazê-lo de forma rápida e eficiente.

Outra boa dica de leitura é o livro O Livro Negro do Empreendedor. Entre o sonho de ser dono do próprio negócio e o sucesso empresarial, há um longo caminho a ser percorrido. É comum encontrarmos livros que expõem histórias vitoriosas e servem de exemplo para quem pretende empreender. O livro negro do empreendedor diferencia-se por mostrar o que não se encontra em manuais e livros de administração. O fracasso no mundo corporativo é um tema pouco explorado. No entanto, entender suas causas é fundamental para decidir a melhor forma de evitá-lo. Com seu característico pensamento inovador, Fernando Trías de Bes surpreende o leitor com uma análise contundente dos motivos pelos quais um empreendedor não alcança seus objetivos.

 

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply to izabela reis Cancel Reply

8 comments

  1. Olá Izabela!

    Ótimo texto, adorei quando você fala: ” O fracasso no mundo corporativo é um tema pouco explorado. No entanto, entender suas causas é fundamental para decidir a melhor forma de evitá-lo.”

    Sempre damos muito destaque para as estratégias impactantes e vencedoras, mas raramente falamos dos fracasso. Particularmente, gosto muito desas análises onde apresenta-se os fatores motivacionais de insucesso, ao invés de falar em 5 maneiras de cativar um cliente, porque não falar 5 maneias de perder um cliente. A semântica é o de menos, considero mais importante a reflexão sobre o tema, e isso pode ser proposto de diversas maneiras.

    Parabéns pelo texto.

    Que ele seja inspirador para tantos que almejam empreender ou ter mais sucesso em sua trajetória.

    Abraços,

    Priscila

    • izabela reis

      E isso mesmo Priscila!
      E com esses exemplos que pretendi alertar os empreendedores. Errar pode acontecer até com as grandes empresas o importante é a volta por cima!
      Abraços

  2. Olá Izabela!

    Excelente artigo! Ganhei este livro em 2011, na Convenção de vendas da empresa em trabalhava. Na verdade, toda a equipe comercial Brasil recebeu este livro e o devorei na volta para casa.

    Apesar de ser um pouco cansativo com seus exemplos repetitivos, os autores deixam bem claro o “tirar a bunda da cadeira e fazer acontecer”, além do “é no campo que o show acontece” e “quem faz merece ser recompensado”.

    Um bom livro. Um abraço.

  3. Grato pela menção, IZABELA.
    Sem dúvida esses 2 livros são essenciais para quem pretende empreender.
    Muito legal o post.
    Abraços e $uce$$o! :)

  4. Amanda

    Excelente Iza.
    Realmente é importante tratarmos de assuntos poucos disseminados como o fracasso corporativo. Entender o problema na raiz e desenvolver estratégias para solucioná-lo.
    Os empreendedores tem essa dificuldade de compreender certas vezes a viabilidade e execução de um negócio.
    Eu vejo isso acontecer o tempo todo, todos os dias! Rs

    Parabéns pelo post.
    Adorei!

    Abs.

  5. Izabela Reis

    Muito obrigada pelos comentários Heron, André e Amanda.
    Tem uma frase que acabei de ler no nosso twitter que traduz bem a ideia que pretendi transmitir nesse texto: “Você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida, ou como um resultado que aponta uma nova direção.” (Steve Jobs)

  6. Olá Izabela.
    Primeiramente parabenizá-la pelo ótimo texto. Realmente uma análise fundamental que todo novo e velho empreendedor deveria ter a consciência.

    Tirei uma frase da qual concordo plenamente:

    “O seu plano estratégico precisa ser real de fato, então dentro da sua empresa, ele deve ser muito bem explicado.”

    Há muitos gestores que não sabem discernir o que sua empresa pode ou não fazer, montando planejamentos mirabolantes, além de não ser bem repassado para os cargos que irão executá-los mais afundo. Conheço diversas empresas que possuem este problema, principalmente empresas de gestão familiar que acaba crescendo sem o devido cuidado.

    Vou dar uma olhada nestes livros também, ótimas sugestões de leitura.

    Abraços!

  7. Cristina Doudement Duarte

    Boa Izabela,
    Há um dito religioso que diz: Não importa qts vezes vc caiu (quebrou) o importante é qts vezes esta disposto a recomeçar e começar melhor, mais inspirado, mais criativo mais maduro, mais ativo.
    um bj e sucesso!!!