Entendendo as Tecnologias Exponenciais: uma pesquisa feita pelos meus alunos

Um dos maiores orgulhos que um professor universitário pode ter é ele mesmo ser o responsável pela publicação de um texto ou análise de um assunto, usando como base os estudos realizados pelos seus próprios alunos…E hoje, chegou a minha vez.

O post de hoje é 100% baseado em estudos que meus alunos do curso de Marketing tanto da UNICID (Universidade Cidade de São Paulo) e da FATEC-SEBRAE desenvolveram, quando foram desafiados a falar sobre as Tecnologias Exponenciais.

Segundo as análises deles, uma tecnologia exponencial, que podem ser exemplificadas pelas Impressoras 3D, a Robótica, aplicações de Automação Industrial, Nanotecnologia, Realidade Virtual, Hipercomputação e Bioinformática, são a chave para que pequenas empresas possam desbancar grandes empresas a partir da utilização de tecnologia.

Tais tecnologias, as exponenciais, capacitam equipes cada vez menores a fazer o que antes só era possível por meio de governos e grandes corporações e isso, com certeza, é a chave para a mudança no mundo e principalmente, o mundo dos negócios como o conhecemos.

Para que isso aconteça, tais tecnologias apresentam características que devem ser estudadas e desenvolvidas e como sempre, no Marketing, isso pode ser demonstrado por uma sigla.

No caso, os 5D´s das Tecnologias Exponenciais…

  1. Dissimulação – Nessa fase inicial, a tecnologia exponencial passa por um período de crescimento dissimulado. O crescimento parece zero, mas o que está ocorrendo é a duplicação de múltiplos pequenos (0,01, 0,02, 0,04, 0,08 e por muitas vezes, o crescimento parece imperceptível para quem não está envolvido no processo.
  2. Disrupção – A tecnologia alcança o ponto de inflexão da curva exponencial e o crescimento se acelera. Quando isso ocorre, bastam, por exemplo, 20 duplicações para levar a nova tecnologia a um crescimento de 1.000.000 de vezes e alcance um número de usuários impensável até então.
  3. Desmaterialização – Uma vez que a tecnologia se torna disruptiva, ela se desmaterializa. Em outras palavras, você não a tem nas mãos como um objeto físico, ou seja, se torna intangível. Aparelhos de GPS, máquinas fotográficas, agendas de contatos, blocos de notas, calculadoras científicas…a lista de objetos que se desmaterializaram em forma de apps no seu smartphone com certeza é bem mais longa do que o espaço para esse post.
  4. Desmonetização – Neste ponto, as novas tecnologias desmonetizam os modelos de negócio tradicionais, que resolviam o mesmo problema. A Wikipedia desmonetizou as enciclopédias físicas, como a inesquecível Barsa; o Linkedin desmonetizou os cadernos de emprego dos jornais; o Airbnb vem desmonetizando as grandes redes de hotéis, sem falar em Uber ou qualquer aplicativo de transporte compartilhado.
  5. Democratização – O estágio final do ciclo é a democratização. Tecnologias antes acessíveis a poucos privilegiados, estão nas mãos de uma parte considerável da humanidade. O Medium democratiza a publicação editorial; o YouTube, a produção de conteúdo audiovisual; os Makerspaces, a manufatura. Se você é músico e tem um notebook com um software como o GarageBand instalado, pode gravar seu álbum com pouquíssimos custos e publicá-lo gratuitamente em serviços como o SoundCloud.

Em resumo, a capacidade de impactar milhões de pessoas nunca esteve ao alcance de tanta gente. Todo mundo, com uma conexão de internet e uma dose de conhecimento sobre como funcionam as tecnologias exponenciais, pode produzir e consumir conteúdos, produtos e serviços de uma forma impossível a quem até se achava o supra-sumo. Isso, com certeza, é revolucionário….

E como prova do tamanho dessa revolução, um post para o melhor Blog de Marketing do Brasil, ao invés de ser escrito com as pesquisas de um professor, foi escrito baseado nas pesquisas realizadas pelos alunos desse professor.

E esse professor tem um P – – – orgulho dos Pequenos Gafanhotos que passam em sua sala de aula. A cada dia que passa os alunos estão superando o professor…

E eu adoro aprender com isso…

#GoWolves

#GoFoxes

Até o ano que vem!

 

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.