Texto produzido por Arthur de Castro

McDonald’s, GEICO e outras marcas exploram interações alternativas que realmente mandam para longe a vontade de dar um “skip”.

A situação não é nova e todo mundo já passou: você entra pra assistir aquele vídeo MANEIRO que fará toda diferença na sua vida (o novo clipe da sua banda favorita não pode esperar, né?) mas tem aquele ETERNO preroll de 5 VIDAS (não são 5 segundos, nunca!) daquela marca da qual você não é o target.

Fora isso, tem toda aquela coisa dos vídeos serem “copiados” de anúncios publicados na TV e muitas vezes não fazem sentido na web. OK — vivemos isso em vários outros canais, como adaptar o site pra mobile “num é só diminuir pra caber?”— que foi até um dos motivos pelo qual o Google começou a penalizar os sites que não são mobile friendly. Afinal, não é só diminuir a letra para caber em 4′, assim como não é só exportar um livro para pdf e publicar na NewsFeed da Apple e N outros casos. Cada um tem sua particularidade.

A GEICO (seguradora de automóveis da terra do Obama) fez isso em uma serie de anúncios. A chamada é: “You can’t skip this GEICO ad because it’s already over.” (algo tipo: você não pode pular o nosso Ads porque ele já acabou). E é ai que realmente começa a brincadeira. São várias situações inusitadas que acontecem durante o restante do vídeo. Mas o “trigger” (o gatilho para startar alguma atividade, bem falado nos livros: Poder do Hábito e Hooked) é justamente o desafio de “o que será que vai acontecer?”

O restante dos vídeos você pode acessar aqui:

O McDonald’s, que está passando por uma reestruturação de marca, conceito e oportunidades, devido aos seguidos resultados abaixo do esperado, vem apostando forte no ambiente digital para tentar se restabelecer e também passou a explorar essa interação dos formatos. A serie “Unignorable Banners”, trás banners que literalmente não podem ser ignorados (E convenhamos, não tem como ignorar hamburguers/sundae a $1,00 né?) que interagem com a tela — confesso que o poder do hábito é tanto que mesmo sabendo disso tentei fechar o comercial — no meio de um clipe de uma boyband e em um filme de terror.

Enfim, por mais simples que pareça, é nessa convergência de formatos que as marcas conseguem realmente ganhar mais de cinco segundos de atenção.

Tem mais exemplos? Compartilhaê ou no meu Twitter: @arthurklose ;)

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.