Geomarketing muito além da expansão física de pontos de venda

Gostaria de exemplificar usos do geomarketing aplicado aos negócios. Tradicionalmente o geomarketing é associado à expansão de pontos de venda físicos, porém podemos listar uma série de outras utilizações com a mesma abordagem.
A própria expansão pode ser vista não apenas como um movimento isolado de abertura de lojas, mas sim como a otimização das vendas de uma rede de lojas. Ao expandir não se deve apenas medir o impacto na rede existente, mas entender o crescimento da rede como um todo.

Ao olhar para o mercado, além de entender o tamanho e a localização do potencial do público alvo, também é importante realizar o acompanhamento sistemático da evolução de aberturas e fechamentos de lojas da concorrência para medir se a rede está melhor posicionada ou se a concorrência pode estar em vantagem competitiva em cada mercado. Em alguns casos é possível estimar as vendas dos concorrentes a partir de métricas e metodologias específicas para cada área de atuação.

Pontos de venda que possuem área de entrega são exemplos clássicos de utilização do geomarketing para fins de otimizar a operação. Desde o desenho da área de entrega, passando pelo mapeamento dos pedidos para entender possíveis vazios de entrega em área com alto potencial, mapeamento de ações e campanhas e monitoramento dos resultados em vendas.

Descrevemos anteriormente formas de organização dos pontos de venda no território. Porém, a organização no território, não é exclusividade de empresas com pontos de venda físicos. Empresas com modelo de vendas organizado a partir de venda direta (porta a porta) ou indústrias e serviços com equipe de vendedores necessitam organizar seu território de vendas.

Ações de marketing podem ser igualmente otimizadas se orientadas ao público alvo de cada campanha, de diferentes formas: dirigindo o mailing a partir da concentração de cada estilo de vida sobre o território ou distribuindo folhetos nos locais mais apropriados para cada produto oferecido. Tais ações podem resultar numa melhor alocação da verba de marketing de cada campanha e num melhor retorno sobre os investimentos em mídia e servem, por exemplo, para grandes cadeias supermercadistas ou para incorporadoras do setor imobiliário.

Por falar no setor imobiliário, este se vale de técnicas oriundas do geomarketing para: tomar a melhor decisão de compra de terrenos a partir do entendimento do perfil de lançamentos da região, definir melhor o produto a ser lançado a partir da análise do mercado e de lançamentos no entorno imediato dos seus terrenos, mapear compradores e visitantes nos seus stands de vendas, entender a origem de cada um destes perfis, dirigir e monitorar ações para divulgação dos seus lançamentos.

Muitas vezes o geomarketing contribui com modelos mais complexos de tomada de decisão como os de precificação do produto com variações territoriais através de informações estratégicas como a renda presumida do cliente a partir do endereço residencial.
Estes são alguns exemplos dos diversos usos do geomarketing para contribuir com a tomada de decisão nos negócios. Pretendo explorar cada um dos tópicos aqui abordados em próximas postagens. Aguardem!

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixar um comentário para Priscila Stuani Cancelar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

8 comments

  1. Luis Paulo Farias

    Parabéns Patricia pelo post. O Geomarketing é um assunto muito nebuloso ainda no Brasil. Não há cursos específicos capilarizados pelo país, fato este, que contribui para gerar muita especulação e dúvidas. É importante que alguém do mercado, que coloque mãos à obra, para esclarecer, e abrir caminho para os leigos, iniciados e demais interessados. Não existem limites teóricos/práticos quando temos uma base sólida e estruturada. Parabéns mesmo!

    • Patricia Romancini

      Muito obrigada Luis Paulo por seus comentários.

  2. Priscila Stuani

    Olá Patrícia,
    Muito bom o seu texto, é sempre bom conhecer esass abordagens, principalmente no meu caso que não trabalho diretamente com Geomarketing.
    Os seus exemplos apresentados são bem didáticos, fica fácil entender assim.
    Abraço.

    • Patricia Romancini

      Obrigada Priscila por seus comentários. Nos próximos posts espero poder colocar mais exemplos e aprofundar cada um dos temas levantados.

  3. Clayton Alves Cunha

    ótimo texto! Tenho particular interesse em geomarketing em suas aplicações no varejo, como ferramenta de relacionamento e CRM, bem como de clusters e alianças estratégicas.
    O texto esclarece muito as aplicações da ferramenta.
    Parabéns!

    • Patricia Romancini

      Obrigada Claiton. Espero ter ajudado.

  4. Ótimo texto, Patrícia!
    Sua abordagem ficou muito clara, através dos seus posts estou tendo a oportunidade de conhecer mais sobre o assunto. Estou adorando!! :)

  5. Patricia Romancini

    Obrigada Vanessa pelo incentivo!