Grandes oportunidades para abrir seu negócio próprio

Diante desta Crise Moral muitos brasileiros estão aproveitando para se tornarem microempreendedores. Uma pesquisa realizada pelo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) indica que os brasileiros estão aproveitando a crise política e econômica do nosso país para deixar o emprego formal e se dedicar a algum tipo de negócio próprio.

A pesquisa aponta que ouve um crescimento de microempreendedores de 2% em menos de três anos.

Em Janeiro de 2013 os indicadores apontavam que 17,9% da população era empreendedor, em Novembro de 2015 este número chegou aos 19,8%.

A pesquisa também separou os empreendedores formais que contribuem para a previdência e os que não contribuem. Foi diagnosticado que os formais subiram de 5,2% para 7,4% e os que não contribuem caíram de 12,8% para 12,4%. Isso revela que os brasileiros estão encarando o ato de empreender com uma nova visão. Com visão real de dono do negócio se preocupando com o futuro.

Para você profissional de marketing é a grande oportunidade de abrir uma consultoria e iniciar uma carteira de clientes que estão iniciando uma empresa seja de serviço ou produtos.

Uma das atividades que mais crescem neste cenário são os autônomos que estão trabalhando com vendas diretas, quase todas as empresas de vendas diretas bateram recordes de vendas em Janeiro, Fevereiro e Março deste ano. O que reforça a estratégia de grandes magazines, que estão fechando lojas físicas e investindo esses recursos em aprimoramento do seu canal de vendas diretas.

Você consegue mensurar o quanto é mais barato estruturar um plano de remuneração atrativo a microempreendedores, do que bancar o custo fixo de uma grande loja física?

Volto a dizer que o marketing direto é o canal de vendas do século XXI. Pessoas com visão a longo prazo conseguem visualizar a oportunidade de iniciar um negócio próprio com baixo investimento inicial, risco próximo de zero e plano de carreira totalmente baseado em meritocracia, sem a necessidade de abandonar o trabalho formal. Diante da crise caso isso aconteça o plano B já está em operação.

E no final quem ganha com todo esse empreendedorismo?

No meu ponto de vista todos.

As grandes marcas ganham mais visibilidade, melhoram o posicionamento do marca levando em consideração que quem vende ou indica, utiliza o produto e isso torna a indicação confiável e de muita credibilidade.

O empreendedor ganha financeiramente e muito mais emqualidade de vida uma vez que ele não tem mais que cumprir horários que não foram determinados por ele, pode trabalhar home office e, principalmente, escolher com quem vai trabalhar.

O cliente ganha em qualidade no atendimento personalizado, no pós venda e em muitas das vezes no preço.

Como em todos os mercados não basta querer ser um microempreendedor é necessário se capacitar buscar ajuda para entender o negócio o mercado e os clientes. Então, compartilhe aqui no IMKT suas experiências como microempreendedor ou seu desejo de se tornar um.

 

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.