Liderança e as soluções criativas

Inovar é ser um celeiro para novas idéias. Um bom líder facilita talentos, sendo capaz de inovar sem necessariamente ser o criador das soluções. Basta ter uma equipe criativa para dar asas à imaginação!

Ter a humildade de saber que a melhor alternativa muitas vezes está na observação e dedicação aos seus subordinados, e que são justamente eles que sabem onde estão os problemas e identificam as oportunidades escondidas nos pequenos detalhes de cada processo criativo.

Liderar é não bloquear a criatividade. Mais do que isso, é não temer o erro. É aprender com ele para poder encontrar o que chamamos de “solução criativa”.

Uma equipe motivada e entusiasmada é fundamental para se construir uma bagagem de experimentação criativa dentro de um cenário extremamente favorável à inovação.
Segundo Niels Pflaenging, “A organização do futuro está agrupada em torno de pequenas equipes dotadas de alta responsabilidade. Todas as pessoas em torno da organização precisam se tornar miniCEOs ou miniempresários dentro da empresa”.

Quando se recebe um estímulo criativo, coisas novas e valiosas surgirão para que problemas antigos sejam solucionados. É nesse momento que a liderança passa a ser fundamental, pois estimula a interação entre as equipes despertando a “liberdade de criação” de cada um.

Criatividade é isso. Converter os problemas em oportunidades e gerar ganhos para a empresa. Segundo Sanmartin, criatividade é “um fazer que preenche, que realiza, que marca a existência, este é o fazer criador”.

Para finalizar, as empresas que não são capazes de inovar, que não estimulam o processo criativo de suas equipes e que não conseguem se adaptar às novas situações do mercado, com certeza vão morrer na praia.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply

10 comments

  1. Legal, ALESSANDRA.
    Super interessante essa ideia dos “mini-CEOs”. Gostei.
    Abraços. :)

    • Alessandra Alkmim

      Também achei interessante essa nova forma de gestão de equipe Andre!
      Tenha um ótimo final de semana!
      Abraços!

  2. Muito bom Alessandra!

    Adorei quando você falou: “Liderar é não bloquear a criatividade. Mais do que isso, é não temer o erro. É aprender com ele para poder encontrar o que chamamos de “solução criativa”.”

    Esse é um grande desafio que a liderança tem pela frente, e os liderados também!

    • Alessandra Alkmim

      Isso aí Priscila! É um grande desafio mas temos que levantar essa bandeira! Nada de bloquear a CRIATIVIDADE! Beijos e um ótimo final de semana!

  3. Resumindo: líder é uma coisa, chefe é outra. O que muitas empresas e profissionais de coordenação/direção/gerência precisam perceber é que o modelo de chefe que manda e subordinados executam sem interação e participação já caducou. Um bom líder abre os horizontes de sua equipe, sem correr o risco de perder a sua posição. Afinal, o medo de perder o seu cargo de coordenação é a mola propulsora para transformar líderes em chefes ultrapassados. Ou seja, mudar a postura hoje é a melhor forma de garantir o sucesso profissional de um líder.

    • Alessandra Alkmim

      Jana! É isso aí! Um bom líder é exatamente aquele abre os horizontes de sua equipe. Lideres ultrapassados vão morrer na praia….Beijos e tenha um ótimo final de semana!

  4. Alessandra,

    parabéns pelo texto e é isto aí, temos que explorar a criatividade de nossas equipes. Gosto demais desta palavra: inovação.

    Abraço!

  5. Elimar Beck

    Excelente…. mas ainda hoje, em empresas que se dizem “atuais” vemos muito medo por parte da liderança e uma certa desconfiança por parte dos liderados…
    A cobrança por resultados gera cada vez mais atritos.
    A cumplicidade ou envolvimento ainda são tênues…
    Quando se encontra um líder ideal…. falta liderados e vice e versa.

    • Alessandra Alkmim

      Elimar infelizmente essa é a nossa realidade ainda. Ótimos líderes sem uma equipe comprometida com a criatividade e inovação. Péssimos gestores liderando equipes criativas com cobrança de resultados excessivamente exagerada e desmotivacional. Disse tudo: a cumplicidade ou envolvimento ainda são tênues, mas não podemos perder a esperança! Vamos que vamo! Bom final de semana! Abraços!

  6. Iolanda Campolina

    Olá, Alessandra! Depois de ler, estou mais ansiosa ainda para assistir sua palestra na Belotur. Adorei!