Macroambiente de Marketing e as mudanças

Bem-vindo a 2014, ano de copa do mundo, de eleições entre outros eventos que mudam, alteram, influenciam, modificam o Macroambiente de Marketing.

Uma das ferramentas da administração que possibilita enxergar com olhar crítico e apurado todos esses fatos, dados e informações em um ambiente externo veloz, mutável e sigiloso, dá-se o nome de “Macroambiente de Marketing”, denominado por variáveis incontroláveis, ou seja, “por estarem fora do domínio das empresas as variáveis são chamadas variáveis incontroláveis”.

Contudo, todas as empresas estão inseridas nesse contexto que podem, de certa forma, expor oportunidades e ameaças, uma tarefa não fácil, mas gloriosa para aqueles que através da análise e estratégias de gestão conseguem adquirir seu lugar em um futuro almejado por muitos.

O Macroambiente de Marketing de uma empresa consiste no conjunto dos agentes e das forças exteriores ao Marketing que afetam a habilidade da administração de Marketing de desenvolver e manter relações bem sucedidas com os consumidores-alvo.

O ambiente de Marketing oferece oportunidades e ameaças. As empresas bem sucedidas conhecem a importância vital da observação e adaptação constante ao ambiente cuja mudança é constante. O fracasso de muitas empresas ocorre pelo fato de pensar na mudança como oportunidade. A administração de marketing da empresa assume a principal responsabilidade na identificação de mudanças significativas de ambiente. Mais do que qualquer outro grupo da empresa, o de marketing deve perseguir as pistas da tendência e das oportunidades.

Las Casas define como “variáveis incontroláveis” as forças que estão fora do domínio da empresa. Certamente, as empresas e os consumidores são atingidos por essas variáveis. Portanto, segundo Philip Kotler, as empresas devem monitorar seis importantes forças: demográfica, econômica, natural, tecnológica, político/legal e sociocultural. “O mundo seria um lugar mais tranqüilo se as atividades de marketing pudessem ocorrer num vácuo”. (Semenik & Bamossy: 1995. p. 39).

Como não ocorrem dessa forma, o papel do Marketing é identificar e interpretar os efeitos das variáveis.

O negócio de uma empresa pode tornar-se dramático caso ela não possua nenhuma forma de defender-se ou adaptar-se às forças do Macroambiente. As forças incontroláveis podem transformar a ação da empresa em uma extraordinária oportunidade de estratégia, caso ela consiga prever suas megatendências.

Você já identificou as suas? Então conte pra gente?

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comments

  1. Priscila Stuani

    João,

    Ótima exposição de ideias.
    Muitas vezes,mano calor e ansiedade de fazer as coisas, nós esquecemos das influências externas. Elas não podem ser esquecidas jamais.

    Uma grande professora na faculdade falava sobre isso e pude comprovar na prática o quão importante é estar atento as mudanças de forças que não controlamos.

    Parabéns,

    Priscila

  2. Eliane Lages

    Parabéns pela análise, João!

    Esse papel observador que o marketing adquire para estudar o macroambiente é de extrema importância para as organizações.

    Abraços, Eliane.

    -1