Marketing Esportivo: Conceito, Desafios e Oportunidades

Antes de argumentar se “Marketing é bola na casinha” ou se “A bola não entra por acaso”, é importante que eu me apresente para vocês leitores: Prazer, meu nome é Michael Martins, sou de Belo Horizonte, criado na arquibancada do Mineirão, apaixonado por futebol, praticante de taekwondo e nas horas vagas “peladeiro”. Pelo lado profissional, sou marketólogo, apaixonado pela área digital, redes sociais e é claro, marketing esportivo.

Em julho de 2016, a paixão pelo esporte, me fez criar o blog Marketólogos FC em parceria com Pedro Monteiro, um grande amigo de profissão. O projeto tem como principal objetivo fomentar o marketing aplicado no futebol através da gestão dos clubes do Brasil e do Mundo.

Mas afinal, o que é Marketing Esportivo?

No Brasil, há algum tempo, marketing no esporte se limitava a venda de patrocínio e estampar a marca da empresa na camisa. Já pelo lado empresarial, partiam pequenas ações de merchandising. Isso é conceito ultrapassado. Não basta apenas a marca aparecer à beira do campo, ou na camisa do clube. Isso garante visibilidade, mas não retorno em vendas.

Marketing esportivo, em um modo amplo e atual, é a ação que utiliza as características fundamentais do marketing, somadas aos principais ingredientes do esporte: paixão, competição e emoção. Sendo mais objetivo, é a ação que se apropria do esporte, atleta, marca ou clube, como ferramenta de comunicação, promoção e venda de algum produto ou serviço.

Desafios e Oportunidades

Com a chegada dos maiores eventos esportivos do mundo ao Brasil, como a Copa do Mundo em 2014 e a Olimpíada em 2016, percebemos a grande importância que o marketing tem para o esporte. Não apenas para as instituições, clubes e atletas, mas principalmente pela fidelização do torcedor, que tem como premissa, a paixão pelo esporte. E de fato, a paixão é o maior patrimônio seja qual for o esporte. Com isso, se faz necessária a profissionalização de pessoas para assumirem esses cargos de gestão, comunicação e marketing.

Entretanto, é importante lembrar que no Brasil, infelizmente existem muitas pessoas, clubes e federações, que acham que marketing é prejuízo e que não  gera retorno de imagem, vendas e credibilidade do esporte para o torcedor. Eu, por outro lado, vejo como uma oportunidade para aqueles que pretendem trabalhar na área, já que existem poucos profissionais capacitados.

Concordo que o Brasil é o país do futebol, mas não podemos fechar os olhos para outras importantes modalidades, como automobilismo, atletismo, vôlei, basquete, natação, tênis, taekwondo, dentre outras artes marciais. E porque não falar de Futebol Americano, que aos poucos vem caindo no gosto dos brasileiros. É preciso escutar sempre o torcedor, que é o principal agraciado e tem poder de decisão. Como bons profissionais de marketing temos que atende-los da melhor forma possível, seja com melhores produtos, ingressos que atendam todas as classes sociais, maiores interações, e  tudo que torne o esporte atrativo e interessante.

Implantando Marketing no Esporte

Pelo Implantando Marketing, encaro um novo desafio, sendo colunista de marketing esportivo do blog. Recebo isso como uma oportunidade, tendo como principal missão: Impulsionar pessoas que gostam e pretendem trabalhar no mercado esportivo. Mensalmente, publicarei temas importantes sobre a área, recomendações de livros, entrevistas com profissionais e tudo que possa contribuir para o conhecimento de vocês leitores. Juntos, seremos um time campeão de comunicação e marketing.

 

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.