Inversão no Marketing: pequenos detalhes que sinalizam grandes mudanças

marketing

Sou um grande apreciador da sétima arte, assisto em média de 3 filmes por cinema, seja em casa ou no cinema, acompanho seriados como “Grey´s Anatomy”, “Bates Motel” e “Revenge”, e sempre me interessei por números e bilheterias de filmes. Mas se tem um filme que me chamou atenção quanto ao seu faturamento e, principalmente, sua jogada de marketing, foi com “Quatro amigas e um casamento”.

Quatro amigas e um casamento” passaria para a história do cinema como mais uma daquelas comédias idiotas que tratam de casamentos. A história de quatro amigas – ou não – da “high school”. Regan (Kirsten Dunst), Gena (Lizzy Caplan), Katie (Isla Fisher) e Becky (Rebel Wilson), roteiro e direição de Leslye Headland, que mereceu uma nota média de 5.2 na opinião de 1.534 pessoas que assistiram ao filme. Já a crítica pegou pesado: “De comédia não tem nada – cruel, insolente, desagradável”, ou “uma repetição da fórmula de “Se Beber Não Case”, ou “pior que “Noivas em Guerra” (apesar de achar “Noivas em Guerra” um ótimo filme), mas com momentos engraçados” , escreveram os jornais The Guardian e a revista Time, respectivamente. Ou seja, um filme absolutamente descartável. Não fosse um pequeno detalhe.

Estreou primeiro na WEB e só chegou aos cinemas americanos no dia 7 de setembro. Mas os que possuem o Apple tv no Brasil e em todo mundo já podiam assistir ao filme desde agosto de 2012. Ou seja, pela primeira vez, inverte-se a mão de direção na distribuição de filmes. Quem sabe, daqui a poucos anos, para sempre.

Lá atrás o filme ia para os cinemas. Meses depois comercializado na versão “rentall” para as locadoras. Depois lançamento em DVD. Em seguida, vendido para emissoras de televisão. Mas recentemente, e numa atitude arrojada e inovadora, em todas as plataformas quase que simultaneamente, a inversão com “Quatro amigas e um casamento”, se completa.

O filme estreou em 10 de agosto de 2012 online e também em serviços de vídeo on demand. No dia 7 de setembro foi para os cinemas. E no Natal saiu em DVD. E o que aconteceu? Claro que a novidade atraiu muita gente mesmo sem o filme não merecer tantas apostas. De qualquer maneira, até hoje, bateu todos os recordes de filmes mais alugados no iTunes nas primeiras 36 horas depois de lançado. Nos três primeiros dias online a receita total foi de US$ 500 mil, receita semelhante a um filme descartável em seus primeiros três dias nas salas de cinema.

Olhando para trás e para frente o que se vê? Uma inevitável e irreversível mudança na mão de direção. No ano passado, em 2013, os filmes vistos através da internet – vendas digitais – apresentaram um crescimento de 51% em relação ao ano anterior, e totalizaram uma receita de US$ 3,4 bilhões. Todas as demais formas de acesso ao conteúdo de filmes em casa, incluído venda e aluguéis de DVDs e Blu-rays, bateram nos US$ 18 bilhões, mas, pela primeira vez, registrando uma queda de 2% sobre o ano anterior. O mesmo aconteceu com as bilheterias de cinema que totalizaram US$ 10,2 bilhões, uma queda de 4%.

Apenas mais uma daquelas comédias sobre casamento. Mas “Quatro amigas e um casamento” insere-se na categoria dos “tipping points”, pequenos detalhes que sinalizam e anunciam grandes mudanças.

Curioso sobre o filme? Assista ao trailer abaixo.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.