Qual será o motivo de uma empresa não acreditar de fato nas mídias sociais?

Por que várias empresas ainda não investem nas mídias sociais? Precaução? Medo? Certamente você já leu alguma manchete dizendo que “a maioria das marcas ainda é irrelevante no twitter” ou “as redes sociais podem não ser tão rentáveis quanto muitos pensam”.

É possível que, no momento, essas manchetes e outras semelhantes sejam tecnicamente verdadeiras e em quase todos os casos a razão éa mesma: a maioria das empresas que estão tentando usar plataformas de mídia social não as usa corretamente. E isso, em geral, se dá por que elas ainda não perceberam que a intenção também é importante para o sucesso em qualquer mídia.

Nossa intenção afeta a força de nossas ações; sendo assim,se o diretor de uma empresa estiver apenas fazendo o que seus concorrentes fazem no Twitter ou Facebook não colherá os resultados. É como um nadador profissional que, ao invés de treinar, fica molhando os pés na beira da piscina durante um mês, medindo a temperatura da água e depois reclama que seu tempo de nado não está melhorando.

Desculpas é o que não faltam para uma empresa não investir em mídias sociais:

– Ah, não há retorno sobre investimento (ROI);

– As estatísticas não são confiáveis;

– As mídias sociais ainda é muito nova;

– Mídia social é apenas uma tendência passageira;

– Precisamos controlar a sua mensagem;

– Falta tempo para acompanhar o que todo mundo fala e não temos dinheiro.  Não quero pagar alguém para fazer isso;

– Estamos indo bem sem isso;

– Nós já tentamos, mas não funciona;

– As questões legais são espinhosas;

– Demora muito para dar retorno;

– As mídias sociais funcionam apenas para apresentações,estilos de vida ou marcas tecnológicas;

Até a alta administração das empresas eliminarem essesobstáculos, encontrarão muitas dificuldades nas tentativas de guiar a empresade modo bem-sucedido em direção ao mundo online.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

7 comments

  1. Priscila Stuani

    >O seu texto é muito pertinente Marcos!
    Depende de muitas variáveis, mas acho que o fator primordial é o público alvo.
    Certa vez estive numa reunião em que o Diretor de uma empresa orientada a TI disse que o blog da empresa, twitter e demais canais de comunicação dão muito retorno… Como se diz:
    "Você está atrasada, se eu consigo, porque você não consegue?". Engoli seco na certeza de que nossos públicos são diferentes, o meu é B2B e o dele a comunicação é para o público final, ou seja, não adianta eu somar grandezas diferentes, o resultado nunca vai bater.

    Parabéns pelo post!

  2. Anonymous

    >Ótimo texto, Marcos!
    Algumas empresas agem sem foco e sem planejamento e isso prejudica o resultado que se pode conseguir com o uso das mídias sociais. Na maioria das vezes é esse o grande problema.
    Abraços,
    Vanessa Alkmim

  3. Anonymous

    >As redes sociais são imprevisíveis. Talvez por isso muitos desconfiem delas ou não querem investir.
    Acho que temos que pensar em redes sociais como algo que vai agregar valor a marca e a empresa. As formas de agregar valor é em atendimento e relacionamento com o cliente. O retorno vai ser em pesquisa, pois você saberá o que o cliente está pensando e transformará isso em ações e consequentemente, gerará algum tipo de lucro ou valor para a empresa. As redes sociais nunca poderão ter a finalidade de lucro.
    Nas redes sociais, não copie, se baseie. Crie identidade, mostre a personalidade da empresa, crie conteúdos interessantes. Não há fórmula nas redes sociais para dar certo, mas a naturalidade, originalidade, verdade e conteúdo, é um bom caminho.

  4. Marcos Moraes

    >Exatamente.

  5. Marcos Moraes

    >Sim, e antes de uma empresa se "jogar" nas redes sociais, é necessário definir o principal: qual é o meu objetivo nela?

  6. Marcos Moraes

    >Mas não adianta nada ter um blog se não tiver um conteúdo interessante para os seus leitores e fãs. Se ele for bem cuidado e levado a sério, certamente o sucesso virá.

  7. Priscila Stuani

    >Concordo Marcos, é necessário termos cuidado e não nos deixar levar pela famosa onde "Se todo mundo tem, eu também tenho que ter". É importante fazermos as coisas comm visão e mantê-las.