Qualquer um que desconsidere um cliente está fadado ao fracasso.

Os clientes têm poder e o que eles dizem importa. Não se pode mais reservar a atenção e o cuidado apenas para os melhores mais rentáveis e desejáveis, uma vez que temos as ferramentas à nossa disposição para aumentar exponencialmente este tipo de atenção a todos, e seus clientes esperam que você as use. Seus maiores clientes e fregueses casuais partilham do mesmo ecossistema, em que as informações de como os clientes atuais e potenciais. O que é muito.

Se você se diz: Não tenho tempo para o meu cliente, é hora de parar e analisar a sua forma de trabalho e buscar alternativas para corrigir esse gap.

Caso você queira trabalhar sozinho em sua empresa e busca aumentar os seus negócios, terá de arrumar tempo para acompanhar conversas, porque simplesmente não poderá deixar de fazê-lo. Entrar na conversa é tão importante quanto ter um site, e fazê-lo pessoalmente é o ideal. Se estabelecer o tom e a voz da sua marca como quiser, criará uma base sólida para alguém seguir quando tiver de delegar a tarefa ou dividi-la com alguém. Porque, no final, se fizer do jeito certo, vai precisar de ajuda. Houve uma época em que as empresas julgaram que precisariam apenas de uma pessoa no departamento de tecnologia da informação (TI); contudo, à medida que as empresas cresceram e aumentou a importância do conhecimento de TI, o departamento também cresceu. Será necessário uma pessoa no departamento de mídia social e, no fim, quanto vi o retorno do seu atendimento personalizado, você contratará dez pessoas. Será o maior departamento de sua empresa – um grupo defendendo algo que eles adoram, atendendo pessoas que amam ou odeiam a marca. Não consigo pensar um trabalho melhor.

Se sua empresa for de médio ou grande porte, ou se não puder responder a todas as demandas sozinho e precisar delegar as tarefas a alguém, provavelmente não terá de contratar um novo funcionário, pois esse é o momento de verificar como distribui seus recursos. É muito provável que esteja perdendo dinheiro em algum lugar. Talvez seu estoquista seja preguiçoso, como também pode ser que um diretor-geral ainda esteja vive numa espécie de ambiente imaginário de setor público. Você poderá contratar um diretor-geral melhor e mais ágil por um salário mais baixo e usar o orçamento de sobra para começar seu novo departamento de mídia social (que será totalmente diferente e separado do seu departamento de atendimento o cliente, que mistura as qualidades do departamento de relações públicas e marketing, mas que deve permanecer autônomo). Torna-se ágil e eficiente.

Repense se vale a pena manter funcionários que não colaborem com 100% de seus esforços e contrate profissionais que possam levar a empresa tão a sério quanto você. Se chegar a conclusão que está perdendo tempo demais em reuniões com 10, 20 pessoas ao invés de dedicar tempo aos seus clientes, pense numa forma de eliminar as idas e vindas. Perder tempo demais em reuniões é apenas um modo de dividir a responsabilidade nas sofridas tomas de decisões e inventar justificativas para os erros. Todo o corpo da empresa deve tomar as rédeas de suas próprias decisões; proporcione meios que eles (seus colaboradores) possam fazer o próprio julgamento sem precisar a todo instante lhe incomodar com aprovações, pois assim, economizará o tempo necessário que certamente seus clientes serão gratos e você, a sua empresa, mais ainda.

Lembre-se que ter tempo para um cliente é uma obrigação de toda empresa, independente da área de atuação.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comments

  1. Ótimo tema, MARCOS!
    Algumas das dicas do Gary Waynerchuk em seu livro ‘Economia da Gratidão’:

    . Tenha atenção com seus: Clientes, Funcionários e Marca(s).
    . Tenha a iniciativa nas Mídias Sociais. Mostre a cara. Dê valor a qualidade de interações e seguidores, não a quantidade.
    . Fale na linguagem do seu cliente, não no jargão interno ou da indústria/mercado.
    . Seja autêntico on-line quanto off-line. Importe-se antes. Tente vender talvez depois.
    . Não tenha medo de engatinhar antes de andar. Comece, não espere. Comece. Comece…Comece!
    . Invista em sua Equipe. Introduza a cultura da Atenção (com o cliente). Contrate pessoas com o mesmo modo de pensar, não adianta ensiná-las do contrário quando se trata de Valores.
    . Comprometa-se. E encoraje sua Equipe ser direta, criativa e generosa (com todos).
    . Permita que seus Clientes o ajudem a moldar sua Marca. Mas nunca que lhe ditem a direção.

    Super recomendo a leitura do livro!
    Abraços e $uce$$os a todos. :)

  2. A empresa ou profissional que se diz uma frase destas, pode fechar as portas: simples assim.