Novos negócios exigem novos profissionais

Aquelas que já foram chamadas de profissões do futuro estão cada vez mais atuais em nosso presente. A internet e, principalmente, a sua disseminação, gerou a necessidade de novos profissionais e o redesenho de várias outras profissões até então, consolidadas. Temos percebido uma gama de novas empresas oferecendo novos produtos, novos serviços, ou novas formas de compra e consumo e este cenário tem exigido novos profissionais, com novos conhecimentos e a readequação das funções de algumas áreas já existentes. Quem poderia pensar que há 10 ou 12 anos atrás, teríamos uma necessidade tão grande de um analista de redes sociais? Ou ainda, de um Analista de SEO ou de SEM? Ou de um Web Analyst?  Ou de um Analista de Marketing Digital? Essas são profissões que foram criadas para suprir uma necessidade gerada pela internet, onde as técnicas e formas de divulgação da empresa ou venda dos seus produtos ou serviços tiveram que ser remodelados. Temos ainda profissões ligadas às áreas de sustentabilidade e meio ambiente, que se tornaram de fundamental importância para as empresas que estão tendo que repensarem seu modo de influenciar o ambiente onde estão inseridas.  Serviços que, até pouco tempo atrás, não consideraríamos a possibilidade de existir, estão batendo a nossa porta. Roupas, sapatos, comida, livros, carros (por que não?) são entregues diretamente em nossas casas. Para lidar com esse novo consumidor, são necessários também, novos prestadores de serviços, preparados para lidar com um consumidor mais cético, mais exigente e com menos tempo disponível, já que tempo é dinheiro. E é neste cenário que encontramos novas possibilidades de trabalho, de nos profissionalizarmos em funções antes não existentes, mas que exigem muito mais do profissional, já que a maioria delas ainda não é encontrada em livros. É neste cenário que empreendedores estão investindo seu tempo (digo, dinheiro) e se dando bem, se destacando de forma positiva e abrindo um novo campo de trabalho. Quer um exemplo? Pense em uma agência de Marketing/Comunicação Digital. Que tipo de profissional seria necessário para esta empresa? Outro exemplo? Uma empresa de e-commerce. Já pensou quais são as áreas de uma empresa assim? Seriam os mesmos de um social commerce? Vamos discutir o assunto? Fique a vontade.  E aproveite para votar no prêmio TOP BLOG.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 comments

  1. É verdade JULIANA.
    Mais que exigir novos tipos de profissionais, o mercado de trabalho como um todo, vem cada vez mais, exigindo que seus profissionais continuem seu processo de formação, adicionem mais conhecimento e experiências distintas.
    Ou seja, estudar, formar-se vem deixando de ser apenas uma ‘fase’ da vida profissional, para tornar-se uma constante, uma atividade essencial.
    O interessante é que, nesse momento de demanda crescente frente a uma oferta pobre de mão-de-obra, as empresas estão considerando investir na formação desses profissionais.
    Em um dado momento no futuro de médio prazo, a mão-de-obra pode alcançar um novo e melhor patamar de formação o que vai fazer as empresas reduzirem esse apetite por financiar formação.
    Ou seja, é o momento de se aproveitar para aprender!
    Abraços e $uce$$o a todos. :)

    • JULIANA REZENDE

      Com toda certeza, a qualificação e o conhecimento são fundamentais. Além de ser uma excelente oportunidade de negocio para os empreendedores.

      Abraço e Obrigada!

  2. Olá Ju!

    É verdade, o mercado evolui diariamente e os profissionais precisam acompanhar esse ritmo, o que é uma tarefa bem desafiadora.

    Concordo com o Andre, agora é o momento de aproveitar as oportunidades, investir em cursos e buscar uma boa colocação!