O marketing e os smartphones: a nova busca por mobilidade

mobilidade

Com o lançamento do novo objeto de consumo para mais ávidos por tecnologia e fãs da gigante Apple, o Iphone 6, nos deparamos em uma área ainda pouco explorada pelos profissionais de marketing, não por desconhecimento, mas por existir ainda poucos profissionais que entendem bem o funcionamento desse canal de mídia e todas as vantagens que ele pode fornecer e também por falta de preparo com o termo “mobilidade”.

A busca por informações em um computador é, muitas vezes, bastante diferente da busca por informações em um aparelho móvel. Quando as pessoas fazem buscas em um computador, elas tem uma noção do que procuram. Um estudante, por exemplo, poderá pesquisar informações para um trabalho escolar enquanto um executivo pesquisa os produtos de um concorrente. Em sua essência, as buscas são o que se pode chamar de buscas premeditadas. Em uma busca premeditada, a pessoa tem ideia do que procura com base em suas necessidades. Essas pesquisas envolvem características mais gerais do que aquelas que são normalmente necessárias na mobilidade.

Como temos visto com outras transições para a mobilidade como mídia, normalmente, há a primeira e a segunda geração. A primeira geração simplesmente pega a maneira como as buscas estão sendo feitas nos computadores e transfere o método para a mobilidade. Isso significa usar os mecanismos de buscas como o Google, Bing e Yahoo para clicar pelas várias páginas da internet, as quais surgem como resultado de busca. É apenas natural que as ferramentas de busca da primeira geração dependem inicialmente das tecnologias existentes importadas da mídia anterior. No entanto, os métodos importados deixam de aproveitar totalmente todos os aspectos da mobilidade.

A mobilidade tem relação com as descobertas, e ela requer um novo tipo de busca. Na mobilidade, mais do que buscar a questão é descobrir. As pessoas que estão sempre em movimento não precisam saber de todas as opções disponíveis em outros lugares, elas normalmente saber o que está perto agora. A segunda geração de busca móvel – os descobridores – se aproveita das facilidades dos telefones móveis para ajudar a focar nos resultados:

Localização: Onde está o consumidor sem limites na hora da busca? A descoberta baseada na localização pode ser uma ferramenta poderosa para render resultados que são altamente relevantes e imediatamente úteis.

Movimento: Para qual direção o cliente está indo, ou ele está relativamente estacionário? Um consumidor sem limites viajando a 64 quilômetros por hora provavelmente está em um carro, ao passo que alguém se movimentando a 3,7 quilômetros por hora deve estar andando.

• Proximidade: Quão perto o consumidor sem limites está de certo produto ou serviço? Ele está em um shopping center ou em uma loja específica? Ele está no escritório? Com o tempo, essas informações serão inestimáveis para os profissionais de marketing.

• Horário: Qual dia e qual horária dele a descoberta está sendo conduzida? As interações em horários diferentes significam coisas diferentes. Alguém que esteja procurando algo ao meio dia, digamos, pode ser diferente de alguém tentando encontrar algo no meio da noite, potencialmente, mais uma situação de emergência.

Contexto: Qual tipo de coisas a pessoa está tentando localizar? Ela está buscando um produto perto dela ou uma loja que esteja aberta no momento?

Intenção: O que provavelmente o consumidor sem limites está tentando encontrar?

• Conectividade: Uma vez que o consumidor encontra o objeto ou serviço desejado, ele pode facilmente adquiri-lo. Isso pode ser realizado com um telefonema ou e-mail?

Os consumidores sem limites estão procurando conhecimento na hora e têm um senso de urgência muito maior do que normalmente em uma busca tradicional. As principais empresas de busca na internet, sem dúvida alguma, tem um papel importante em ajudar esses consumidores a encontrarem coisas, especialmente, aquelas empresas que se especializam em determinadas categorias. No entanto, novas descobertas de facilidades móveis serão definitivamente mais úteis e relevantes para uma pessoa com um smartphone procurando fazer (ou consumir) algo com base em sua localização, hora e disposição atuais.

O smartphone oferece muitas outras maneiras, além das buscas tradicionais, de descobrir o que é mais relevante no momento, além das buscas tradicionais, de descobrir o que o consumidor deseja no momento, com base na localização do consumidor sem limites. Por exemplo, o que os outros estão dizendo sobre um restaurante específico ou qual empresa tem o preço melhor num produto sendo visualizado no momento? Esses aplicativos proporcionam informações para os consumidores sem limites em contexto e relevância, tal como o conhecimento sobre lugares e coisas ao seu redor, mesmo se necessariamente não “buscarem” por eles, dados essenciais para se fazer um marketing mais assertivo.

É essencial que as marcas e os profissionais de marketing não estejam apenas cientes desses novos descobridores, mas que também determinem estratégias e táticas que se aproveitam desse novo ambiente. Na mobilidade, os melhores resultados envolvem a empresa que se posiciona para ser encontrada a qualquer hora com base no que o consumidor sem limites está fazendo, onde ele está fazendo isso e quando ele está fazendo isso.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.