O que é preciso para uma boa experiência do usuário?

No post anterior, tratei do conceito de experiência do usuário e sua importância no desenvolvimento de projetos web, pensando sempre no consumidor final. Apresentei também, algumas dicas para analisar a experiência do usuário nestes projetos.

Resolvi continuar com este assunto, porque em minhas pesquisas encontrei mais alguns itens que julgo importante compartilhar sobre o tema.

Entre eles, esse infográfico criado pela Vitamin Talent que diz que 97% dos sites ainda falham em relação à experiência do usuário. O processo de teste é simples e segundo o infográfico, com 5 pessoas, podemos reduzir 85% do problemas do site. Grande parte dos usuários de um site sem experiência desiste de navegá-lo, pois acha que não se preocupam com ele, já que o site não atende a sua necessidade.

Além disso, em algumas situações já é possível mensurar o impacto financeiro da experiência do usuário, demonstrando o quanto se pode ganhar ou perder considerando a experiência do usuário como um pilar a ser analisado no desenvolvimento de um projeto web, juntamente com a programação, com a arquitetura de informação e, claro com o design.  Um exemplo: desenvolvedores gastam cerca de 50% mais tempo corrigindo problemas que podem ser evitados através da análise da experiência do usuário.

O assunto está se tornando tão relevante e necessário, que as universidades e faculdades já estão desenvolvendo graduações e pós-graduações na área. Isso demostra a importância da especialização do assunto e da necessidade de termos profissionais engajados e preparados neste pilar.

Segundo o Rodrigo Kono, uma boa experiência do usuário passa por sete características:

  1. Usabilidade: simplificar a tarefa de usar a aplicação.
  2. Ser útil: é mais fácil para o usuário alcançar seu objetivo utilizando a aplicação.
  3. Ser encontrável: fácil acesso às funcionalidades mais importantes.
  4. Ser credível: uma boa experiência do usuário cria uma impressão favorável do produto na mente dos usuários. Isso aumenta a credibilidade do software e da empresa que o desenvolveu também.
  5. Ser desejável: adiciona valor à vida do usuário, ajudando-o a poupar tempo e dinheiro.
  6. Ser valioso: é desejável que o usuário receba exatamente o que ele quer.
  7. Ser acessível: o usuário recebe toda a informação relevante de forma fácil e rápida.

O usuário precisa se sentir realizado e feliz com o seu site. Essa é uma boa experiência. Então faça com que ele se sinta assim.

Você já teve uma boa experiência em um site? E uma muito ruim? Comente e compartilhe conosco.

Fonte: http://webinsider.uol.com.br/2013/04/08/vai-desenvolver-um-software-considere-a-experiencia-do-usuario/

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comment

  1. Dicas de ouro, hein Ju!

    É muito bom achar um site onde tem a informação que você busca. Nessas minhas pesquisas do meu TCC tenho encontrado sites bem interessantes que com certeza farão parte da minha rota de leitura!

    Beijos,

    PS