Entrevista: Rafael Terra fala sobre carreira e humanização de marcas

Rafael TerraVocê já tentou humanizar a marca da sua empresa? Essa é apenas uma das diversas questões sobre a área de Comunicação e Marketing que o CEO da Fabulosa Ideia e palestrante do Marketing Minds, Rafael Terra, irá discutir nesta entrevista exclusiva para o blog.

Jornalista com especialização em Marketing Digital (ESPM Sul), professor de MBAs das instituições: ESPM, PUC, Senac, IERGS, Unijui, Escola do Marketing Digital, Unicruz, Unifra e UNOESC, o profissional fornecerá dicas para jovens empreendedores, apresentará uma análise sobre a construção da persona de uma marca e contará sobre os principais desafios enfrentados durante a carreira. Confira:

Implantando Marketing- Como iniciou sua carreira na área de marketing e quais os principais desafios que enfrentou?

Rafael Terra: Eu trabalho com produção de conteúdo para web desde os 17 anos. Meu primeiro estágio foi no portal Terra. Minha mudança para o marketing se deu a partir do boom dos blogs, entre 2007 e 2008. Quando acabei a faculdade: trabalhava no Grupo RBS no período da tarde e noite. Como tinha as manhãs livres e vi que havia nascido um movimento de marcas investindo em blog, comecei uma parceria com uma agência de publicidade durante as minhas manhãs. Lá de cara já peguei projetos de blogs de grandes marcas, inclusive da ESPM, onde hoje sou professor. Mais tarde, sai da RBS e me dediquei somente à agência e alguns freelas. E quando os freelas já me remuneravam mais que a agência: me senti seguro para abrir a Fabulosa Ideia. Comecei no meu quarto, sozinho. Hoje fico feliz de ver que contribui para o crescimento desse segmento. Sobre desafios: foi mais a parte burocrática mesmo, contabilidade etc. Pois, isso a faculdade não ensina. Falta essa educação empreendedora nos cursos de comunicação.

Implantando Marketing- Você tem formação na área de jornalismo também, de que forma isso contribui para o desenvolvimento do seu trabalho na área de marketing?

Rafael Terra: Eu diria que não contribui, foi crucial. Hoje não existe engajamento no marketing sem conteúdo. Então o jornalismo me deu todo o alicerce para o que vendo hoje. E a cada dia o conteúdo cresce como uma alternativa de marketing para empresas de todos os portes. Se fosse hoje, faria a mesma faculdade.

Implantando Marketing- Com apenas 24 anos, você criou a Fabulosa Ideia, empresa especializada em relacionamento com conteúdo. Hoje a agência é referência nas frentes em que atua e já atendeu mais de 80 marcas como Red Bull, Santander Cultural e Seven Boys. Quais os obstáculos enfrentou para criar a empresa? Quais dicas você poderia fornecer para um jovem empreendedor que deseja abrir seu próprio negócio na área de comunicação e marketing?

Rafael Terra: Olha, não sendo pessimista, mas acho que hoje o jovem tem mais possibilidades, mas também mais desafios. Há seis anos, eram poucas concorrentes quando se falava em conteúdo para web, redes sociais. Por exemplo: muitas agências de publicidade eram minhas parceiras, hoje são concorrentes, porque todas as marcas precisam desse tipo de marketing. Resumindo: a dica agora é criar uma empresa com um diferencial tão grande que se destaque das demais. E principalmente: ser acessível para as médias empresas. Hoje o grande filão são as médias empresas. As grandes têm seus núcleos dentro delas próprias e buscam braços criativos fora. As pequenas estão perdidas, infelizmente. Mas as médias estão latentes por soluções criativas e acessíveis. E por fim: pense nos vídeos. Monte algo que foque vídeos para web. Todas as empresas precisam de vídeos, mas esbarram no alto preço cobrado pelas produtoras. Então, quem conseguir oferecer um bom serviço e com valor acessível será recompensado.

Implantando Marketing- Atualmente, vivenciamos muitas experiências por meio da web. Como trabalhar a humanização de marcas nesse contexto?

Rafael Terra: Focar sempre em dois pilares: o real e a conversa. Digo: ser real, verdadeiro em todos os processos. Acreditamos mais em pessoas do que logos. E esse real vale para tudo, inclusive, para as imagens. Morte ao banco de imagens, mostre sua gente. E conversa é a maior métrica. Conversa em todos os pontos de contato. E principalmente, mostrar alguma construção em cima, desde feedback do consumidor.

Implantando Marketing- Análise realizada pela plataforma Socialise CRM, medindo o nível de engajamento dos brasileiros com as marcas na rede social Facebook, indicou que em geral menos de 10% das pessoas voltaram a interagir com a marca após tornarem-se fãs no Facebook, com grande tendência de apenas uma nova interação em todo período. Qual a sua avaliação sobre esse resultado e quais estratégias os profissionais de marketing podem implementar para mudar esse cenário?

Rafael Terra: Primeiro é olhar o Facebook como uma mídia para fazer campanhas. E não somente posts. As empresas se preocupam muito com seus posts diários. Mas, esquecem de usar a plataforma como um lugar para as realizações de ações que impactem no real. Então eu diria: aposte em ações, promova essas ações com anúncios, jogue com sua comunicação off line, colha os frutos. Mas, pare de pensar em postagem diária, pense em ações relevantes que viverão mais. E lembre: relevância é revelar o novo e ajudar o outro dentro de um contexto.

Implantando Marketing- A definição da persona da empresa é o primeiro passo para trabalhar a humanização da marca? Como você realiza a construção da persona?

Rafael Terra: São muitos os fatores que indicam a persona de uma marca ou o corpo da marca humanizada. O infográfico que eu fiz ajuda a desmembrar essa questão:

infografico

Implantando Marketing- A assessoria de imprensa 2.0 é uma opção para contribuir na humanização da marca? De que forma?

Rafael Terra: Sim. A priori do trabalho da assessoria de imprensa é conseguir transformar a marca em pauta nos veículos de comunicação. Só que a 2.0 olha o consumidor como mídia também. Descobre seus influenciadores na web e coloca a marca a flertar com eles. Então, sim, se a conversa é uma das maiores métricas da marca humanizada: a assessoria de imprensa 2.0 tem papel fundamental ao aproximar marca – influenciadores – clientes nas plataformas digitais.

Implantando Marketing- Seus materiais didáticos na web sobre marketing digital já foram visualizados por mais de 100 mil internautas. Você já obteve retornos de profissionais da área sobre os resultados que as informações compartilhadas por você causaram no trabalho deles? Cite um exemplo.

Rafael Terra: Sim, costumo dizer que um dos valores de uma marca humanizada é sempre ir além do faturamento em dinheiro. E um dos nossos valores é contribuir para o mercado em que atuamos, fomentando conteúdo. E esses conteúdos na web já nos fizeram chegar em muitos lugares. Exemplo: meu PPT no Slideshare sobre Humanização de Marcas já me fizeram dar mais de 30 palestras sobre o tema, incluindo feiras nacionais como a FENINJER, principal feira de joias do Brasil. E sobre as pessoas: é algo muito bacana. Confira abaixo um dos últimos feedbacks que recebemos via Facebook:

Facebook

Implantando Marketing- Qual a sua opinião sobre o trabalho que blogs da área de comunicação e marketing realizam no Brasil?

Rafael Terra: Sempre importantes. E não tenho dúvida que devido as mudanças no algoritmo do Facebook – que prioriza agora links – as empresas vão começar a investir nos blogs novamente. Talvez nesse ramo de comunicação e marketing precisamos de menos replicação de cases e mais aprofundamento nas questões do mercado. Outra coisa é a união com a cultura dos drops, os blogs trazerem mais informações em fotos com legendas, infográficos, vídeos. Tornar a leitura escaneada. Renegamos muito texto, mas quando esses têm elementos complementares prestamos mais atenção.

Implantando Marketing- O que o público pode esperar da sua palestra no Marketing Minds?

Rafael Terra: Estou muito feliz com o reconhecimento de mais um evento inovador nacional. E tentei corresponder com a confiança dos organizadores aprofundando temas chaves para uma marca ganhar relevância neste cenário com características humanas. Também falarei bastante sobre os bens intangíveis, poucos explorados, mas que realmente fazem uma empresa ganhar o status de inovadora e crescer a longo prazo.

Gostou da entrevista e que saber mais sobre humanização de marcas? Faça sua inscrição no primeiro Congresso de Marketing Online Gratuito e participe da palestra “Marketing e a Humanização de Marcas”, ministrada por Rafael Terra, às 18:30, no dia 15/10.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply