Endomarketing: Retenção de talentos: o grande desafio

Alguns setores queixam-se contantemente do “apagão de talentos”.  Áreas mais aquecidas no momento, como a tecnologia da informação, construção civil e outras têm grande dificuldade em encontrar profissionais capacitados para suprir suas demandas. Mas se contratar é um grande desafio, reter esses talentos torna-se uma missão digna de super-herois! O post de hoje vai falar justamente sobre o grande desafio dos RHs e do endomarketing em 2012: a retenção de talentos.

Segundo pesquisa realizada pela Robert Half em 2011 e cujo resultado foi publicado pela revista Você RH. Na matéria, que pode ser visualizada neste link,  lê-se que 165 executivos de RH foram ouvidos dos quais 20% destacam como a principal queixa dos funcionários a falta de perspectiva de crescimento dentro das empresas. E de fato, montar um plano de carreira dentro da própria corporação, para empresas de menor porte não é tarefa fácil. Mas considerando que a maior parte da nossa economia é composta por empresas de pequeno e médio portes, como é possível trabalhar a retenção?

Algumas empresas têm feito verdadeiro malabarismo para garantir que seu peixinho dourado não vá para o aquário do concorrente. E muitas vezes isso dá certo… algumas dicas são:

1.  Capacitar sempre! Profissionais que recebem capacitação sentem-se valorizados. Pode não haver a oportunidade de crescimento naquele momento, mas se o colaborador enxergar que a empresa pode crescer e vê nele alguém que possa crescer junto, possivelmente vai querer investir em permanecer mais tempo;

2.  Desafie seu colaborador. Quando ele dominar algo, proponha-lhe pensar em algo mais complexo e assim por diante. Excesso de rotina destrói qualquer relação. A trabalhista não é diferente;

3.  Dê liberdade, com responsabilidade. Horários flexíveis, oportunidades de realizar atividades de lazer na sede da empresa, atividades de integração, liberdade para testar novas soluções para os problemas do coridiano (desde que isso não gere impacto negativo para a empresa), são algumas possibilidade;

4. Valorize com sinceridade. Não adianta nada um tapinha nas costas e um elogio vazio. Valorize as conquistas e o desempenho das pessoas, dando-lhes oportunidade para fazer mais e melhor, crescendo sempre.

Essas são algumas dicas que podem auxiliar as empresas a reterem seus talentos, mesmo que a possibilidade de crescimento não seja algo visível em curto prazo. Pode ser que não funcione para todos, mas certamente alguns bons permanecerão.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply to Ivan Nascimento Cancel Reply

5 comments

  1. Ótimas dicas Aline! Leitura obrigatória a tod@s!

    Na antiga empresa onde trabalhei, eu ganhei liberdade para minhas ações e com certeza isso contribuiu para o meu crescimento!
    O tema da sinceridade é bom também, ter a opinião levada em conta, mesmo que não seja posta em prática é muito bom! Valoriza o profissional!

  2. Muito bom seu post Aline!

    E é isto mesmo, como a maioria das empresas são de pequeno e médio portes, fica mais fácil a comunicação entre os setores e as ações de capacitação e endomarketing são mais efetivas que em uma grande empresa.

    Cabe à diretoria entender como funciona este processo e reconhecer que, se não pode dar crescimento profissional ao seu talento, que ao menos invista em sua permanência. Mas quando se falar em investimento…muitos consideram que estão preparando seu talento para outra empresa.

    É foda, mas é preciso arriscar e as empresas de grande porte nem sempre são tão boas como pensamos.

  3. Quanta dica bacana, Aline! Ficou ótimo o seu texto.
    Manter talentos é um grande desafio para quase todas as empresas. Investir na retenção deles é uma importância que os dirigentes precisam urgentemente perceber.

  4. Olá Aline, parabéns pelo texto!
    Concordo com você, hoje há uma necessidade de reter talentos como nunca, a disputa por bons profissionais está cada vez mais acirrada e sem dúvida o RH tem que fazer o diferencial, seja benefícios, remuneração ou reconhecimento, acredito que o importante é entender o que o colaborador mais valoriza e daí criar a estratégia mais adequada. De qualquer forma acho que vale a pena conferir este outro artigo sobre retenção de talentos, a final, conhecimento nunca é demais! Abraços.
    http://www.mereoconsulting.com.br/dicas-e-sugestoes-para-criar-uma-estrategia-de-retencao-de-talentos/