Em meu último post “Telemarketing nas relações de B2B funciona?”comentei sobre ações de telemarketing utilizadas por empresas de serviços B2B. Abaixo, destaco alguns exemplos práticos do papel do telemarketing nessas empresas:

Geração de leads:
Para prospecções de mercado e busca de novos clientes, o telemarketing pode ser a uma porta de entrada com o agendamento de visitas de apresentação de soluções.

Pesquisa de satisfação:
As empresas que não efetuam regularmente pesquisas formais de satisfação junto a todos os seus clientes, podem utilizar o telemarketing para suprir esta função. A cada término de serviço ou entrega, um operador de telemarketing pode entrar em contato com o cliente para fazer algumas perguntas no intuito de medir o seu grau de satisfação em relação ao serviço prestado.

Apoio na organização de eventos:
Digamos que uma empresa esteja organizando um workshop e tenha enviado convites por e-mailmarketing ou correio, ela pode utilizar recursos de telemarketing para confirmar a participação dos convidados.

Recebimento de chamadas de prospects:
Se uma empresa realiza uma campanha publicitária que estimule o recebimento de contatos de interessados nos seus serviços, ela pode destinar um operador de telemarketing receptivo para atender aos chamados e dar encaminhamento à área de vendas.

Atendimento ao cliente:
A Internet nos dias de hoje é o caminho mais curto entre a empresa e o consumidor, entretanto, no mundo corporativo os clientes empresariais ainda preferem um contato direto e humano para apresentar os seus problemas. Por isso, um departamento de SAC ou Ouvidoria são fundamentais.

Isso tudo sem contar com a atribuição do telemarketing nas ações de cobrança.

Os hábitos dos clientes podem mudar, as variações do mercado também, mas uma coisa é certa, o telemarketing sempre ocupará um papel importante nas empresas de B2B, tanto no apoio às ações de relacionamento e comunicação, quanto nas vendas, ajudando na conquista de novos negócios.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Leave a Reply to Priscila Falchi Cancel Reply

4 comments

  1. Excelentes pontos!

    O essencial porém, em qualquer ação de Telemarketing, é que se respeite os princípios de “Marketing de Permissão”. O contato deve existir, de modo ativo do lado da empresa, apenas se o cliente/consumidor/contato permitir, desejar.

    Importante tbem a pessoa que fizer o contato ter em mãos o máximo de informações da pessoa a contatar para evitar pedir informações desnecessárias, além de alinhar o linguajar/abordagem corretos.

    Do contrário, o “tiro pode sair pela culatra”.

    Gostei das dicas!
    $uce$$o! :)

  2. Excelente colocações sobre call center consultivo! Todas os exemplos são práticos e se muito bem usados e mensurados, elevam a satisfação do cliente e garantem boa ativação da marca.

  3. Ótimos comentários André, com certeza todas as ações devem ser tomadas considerando a permissões pelos contatos.

  4. Ótimo texto, Priscila!
    Eu mesma já vi o telemarketing funcionar muito bem no apoio à organização de eventos, na geração de leads e em pesquisas de satisfação.
    Abraços,
    Vanessa Alkmim