Uma empresa pode operar sem marketing?

Antes de responder a essa questão, vamos fazer algumas definições.

Para Kotler, marketing é um processo “por meio do qual pessoas e grupos de pessoas obtêm aquilo de que necessitam e que desejam com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outros”. Drucker diz: O objetivo do marketing é tornar a venda supérflua.

Empresa “é uma atividade econômica exercida profissionalmente pelo empresário por meio da articulação dos fatores produtivos para a produção ou circulação de bens ou de serviços.” Essa aqui é da wikipedia mesmo!

Essas definições se conectam?

Há séculos negócios são realizados. Antes mesmo do conceito de moeda surgir, nossos ancestrais já faziam suas trocas e atribuíam valor às coisas que tinham interesse de alguma maneira.

Geralmente, quanto mais escassa essa coisa fosse, mais valiosa ela se tornava.

Pensando bem, isso não mudou nada de lá para cá, mesmo agora que temos delivery, internet, uber, tinder, ainda queremos ter um foguete [substitua a palavra pelo seu maior desejo].

É bom ressaltar que as trocas, com a finalidade de “lucro ou ganho”, não são algo exclusivo do ser humano, algumas espécies de macacos fazem trocas sociais e tem esse tipo de hábito.

Crianças a partir dos dois anos já são capazes de ter essa compreensão.

Animais como cachorros e gatos também.

Assim, se realizar trocas “comerciais” para obter produtos e serviços que desejo é algo inato, para que preciso fazer marketing?

Marketing, no conceito moderno, ganhou força por volta dos anos 50 pós guerra, quando houve um salto de industrialização. Com isso, tínhamos agora mais indústrias e mais concorrência. E neste contexto, os clientes passaram a ter “poder de escolha”.

Se todas as indústrias produziam com qualidade e entregavam bons produtos, o que faria a diferença na hora da compra?

Como ajudo o cliente a saber que eu existo e que meu produto é melhor que o concorrente XPTO?

Eis a resposta para essa pergunta: Marketing. O composto de marketing (4Ps) foi elaborado para gerar valor percebido para seu produto ou serviço e, com isso, mostrar ao seu cliente que essa transação irá beneficiá-lo.

Marketing trabalha todas as frentes de um negócio para torná-lo atraente ao seu consumidor e a comunicação de marketing (publicidade, por exemplo) é uma parte do composto que irá influenciar seu cliente na decisão de compra.

Mas, atenção: Influenciar não é o mesmo que impor, forçar. Marketing está presente para apresentar o seu negócio para o consumidor e não para obrigá-lo a comprar. O objetivo é sempre mostrar que “vale a pena” fazer negócio com sua empresa.

A venda é a próxima etapa e, nesta situação, a troca monetária se torna quase irrelevante, pois seu produto representa a solução para a dor que ele sente ou desejo de prazer que ele busca e são os principais gatilhos de motivação para uma compra.

E é desta maneira que o marketing deve ocupar um papel central na empresa, pois ele é um processo por meio do qual se cria valor para os clientes.

Porém, com tantas mudanças, com uma concorrência acirrada, milhares de empresas entregando mais do mesmo e dificultando a decisão do cliente, ainda há empresas que não percebem o papel do marketing e não acreditam que ele possa beneficiá-las.

Empresas que estão no “modo gabriela: nasci assim, cresci assim” , não percebem o quanto podem ser beneficiadas por estratégias de marketing e acreditam firmemente que não precisam disso.

Ainda há empresa que não investem em marketing e estão em estágios que vão de:

* Não tenho verba à odeio marketing.

Outro caso muito comum são as que criam um marketing completamente desconectado com a realidade.

O que elas não entendem é que:

Marketing pode ditar o quão rápido a sua empresa vai crescer.

Simples assim. Não quer dizer que sem marketing nada feito. É possível se desenvolver em determinados mercados sem fazer marketing de modo consciente.

Porém, de uma maneira ou outra, sempre estamos fazendo marketing, mesmo que não estrategicamente.

Sabe aquelas indicações de clientes que sua empresa recebe? É uma forma de marketing.

Indicações me dizem que sua empresa cumpre o que promete e tem clientes satisfeitos o que gera boas referências e criam uma prova social poderosa.

Mas, você quer manter sua empresa dependente apenas das indicações?

Há empresas que estão firmes, fazendo isso há décadas. Sempre foram assim. Sempre deu certo. E estão bem. Mas, se você olhar bem de perto mesmo, vai perceber que elas poderiam ter percorrido um caminho bem mais longo e que o marketing estratégico poderia levá-las bem mais longe em um terço do tempo.

E mais, até quando se manterão assim? Com acirramento da concorrência, com a evolução do mercado, até quando elas ainda serão bem sucedidas?

Não precisa fazer estratégias mirabolantes que não combinam com o perfil do seu negócio.

Só que não mudar tem um preço. E pode ser alto. Vejamos o exemplo da Kodak e diversas outras empresas que não perceberam os concorrentes.

Marketing, bem planejado, nunca é despesa. É investimento.

Em outras palavras, a empresa pode sim viver sem ter estratégias elaboradas de marketing (Pelo menos cartão de visita tem que ter!). Mas, não vai alcançar todo o seu potencial. Não será totalmente feliz! =D

E você, o que pensa a respeito? Deixe sua opinião!

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

2 comments

  1. Rosane Barbosa

    Também concordo que, sem marketing uma empresa demora mais a crescer. O problema é que muitas pessoas não acreditam em marketing e quando dizem que fazem, é de uma forma inconsciente. Mas, vamos caminhando e mostrando que o Marketing é sim uma grande estratégia que a empresa possa fazer.

    • Luciana Rocha

      Que legal o seu feedback Rosane! É um desafio constante para nós, profissionais de marketing, mudar esse cenário de desconfiança e rejeição. É importante destacar os benefícios do marketing e como ele pode ajudar empresas e pessoas a ter mais destaque, relevância e resultados!
      Fique a vontade se quiser conversar um pouco mais sobre isso. Me adicione no linkedin: linkedin.com/in/mouraluciana/

      Obrigada pelo cometário!