O Varejo e os Paradigmas de Padrões de Consumo

Em Marketing, uma coisa é inevitável. Sua estratégia atual, mais cedo ou mais tarde, se tornará obsoleta, antiga, inaplicável.

Costumo compartilhar com meus alunos dos cursos de Marketing e Gestão Comercial o que chamo de “verdade inconveniente” (em minha visão conveniente) do Marketing. Estamos condenados a estudar para sempre! Como especialistas em clientes temos que saber que a evolução e mudanças no consumo, nas formas de consumir e comprar são algo constante em nossa profissão.

Recentemente, estamos presenciando a evolução do estilo de comprar e consumir de grande parte dos consumidores brasileiros, que em muitos casos, estão migrando dos produtos e serviços ditos “populares”, para produtos e serviços mais sofisticados com itens e acessórios agregados ao “básico”.

Logo, as empresas e, principalmente nós, profissionais de Marketing, Comunicação e Gestão Comercial, vivenciamos um momento que chamo de mágico para quem trabalha na área:  estamos presenciando a quebra de alguns paradigmas de consumo, tais como, “a classe média só consome produtos e serviços populares” ou então  aquele que diz que  “as marcas mais sofisticadas, nunca se renderão ao consumo popular”.

Dado o cenário, o varejo também está se adequando aos novos padrões estabelecidos. Aqui, em São Paulo, presenciei algumas das grandes redes varejistas investindo pesado em novos layouts de lojas, privilegiando o conforto e movimentação dos clientes em suas lojas (chego a arriscar que ofertas dentro de carrinhos no meio dos corredores, estão com os dias contados), além da adequação de lojas de Shoppings e até mesmo lojas de rua com vitrines, espaços e ofertas com novas configurações devido à evolução do consumo.

Creio que em pouco tempo, seremos bombardeados com novos artigos científicos e também com grandes revistas e publicações de negócios que irão destacar a evolução do Antropomarketing.

O que importa mesmo é que temos a oportunidade de vivenciarmos e sermos agentes de mudança nesse novo cenário de consumo que presenciamos.

                Que venha 2014!

                Até a próxima!

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 comments

  1. Eliane Lages

    O cenário de consumo realmente passa por grandes transformações. O profissional de comunicação e marketing deve sempre estar em busca de conhecimento e aprendizado para saber adaptar as estratégias da empresa para atingir seu público-alvo, principalmente, nessa época do ano em que a concorrência é acirrada para conquistar os consumidores. Continue compartilhando suas ideias conosco, tenho certeza que eu e muitos outros profissionais poderão aprender muito com seus posts.

    Abraços, Eliane Lages.

  2. Izabela Reis

    Muito bacana Clayotn. Antes de tudo o profissional deve pensar, pensar muito e estudar mesmo (como você falou muito bem no seu texto) Eu acredito que muitas vezes, ainda existe aquele ideia antiga de ficar muito preso as formulas já usadas por grandes empresas e acreditar que obrigatoriamente irão dar certo para sua empresa. “Li isso em um super livro de marketing”. E as vezes até mesmo o problema não é com o profissional de comunicação e sim com o empresario que acredita e insiste em usar formas prontas; “Tenho certeza que isso vai dar certo. Já fiz isso várias vezes, e sempre dá certo…” e por ai vai.. Obrigada por compartilhar conosco seus conhecimentos.