“What you don’t know will hurt you”

Quem conhece Geomarketing ou já ouviu falar, possivelmente, conheceu as aplicações para estudos de expansão, também conhecidos como White Spaces, nos quais mercados não ocupados são avaliados quanto ao seu potencial de retorno comercial.

O que ainda permanece pouco conhecido, mesmo entre os iniciados, é que os mesmos dados utilizados em estudos de expansão podem contribuir para ganhos em mercados conhecidos. São oportunidades não completamente capturadas e que também são desconhecidas, mas poderiam, a custos baixos, ser convertidas em resultados.

A grande vantagem em estudos de Gray Spaces, além da própria presença de mercado, é poder contar com informações de desempenho em mercados comparáveis. Assim, por exemplo, analisando as vendas de lojas que estão em mercados equivalentes, podemos entender quais teriam mais potencial de crescimento e quais estão superando as expectativas.

O conjunto de informações georreferenciadas permite às empresas compreenderem em detalhes seu ambiente de negócios macro e também as características locais de cada um. O que leva a ações distintas em resposta às características locais. A precisão dos dados georreferenciados vai reduzir a incerteza e revelar aspectos que antes eram desconhecidos, ponto a ponto.

Basta observar a força que os estudos de Geomarketing fornecem às empresas que os empregam para expansão de redes. Essa mesma força pode ser direcionada para mercados com presença, buscando maximizar as oportunidades em todos os aspectos.

Por enquanto o Geomarketing é muito lembrado para estudos de expansão, mas os benefícios para estudos de retração são equivalentes.

O estudo de mercados atuais deve ir muito além da sobrevivência. Existem vantagens que podem ser alcançadas em momentos difíceis que irão alinhar as ações das empresas com os elementos que realmente impactam nos resultados. Os acertos nesses momentos resultam em grandes ganhos ao final dos períodos de crise.

*Este texto foi escrito em parceria com João Eduardo Caetano.

João Eduardo Caetano é formado em comunicação pela UFRJ, MBA pela FGV e Pós Graduado em Inteligência de Mercado pela ESPM/IBOPE. Atua na área comercial da Geofusion identificando as melhores aplicações de Inteligência Geográfica para empresas de diversos segmentos.

FAÇA PARTE DO PROJETO

O Implantando Marketing visa a união dos profissionais das áreas de Marketing e Comunicação Empresarial e busca formas de divulgação e crescimento dessas áreas através da Implantação de Departamentos de Marketing e Comunicação em pequenas e médias empresas. Para isso, compartilhamos experiências e conhecimentos necessários aos profissionais e empreendedores que querem se beneficiar dessa Implantação. Envie o seu currículo e escolha um dos núcleos do projeto.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 comment

  1. Eliane Lages

    Parabéns, Jana e João!

    Aprendi muito sobre Geomarketing com o post de vocês. Continuem compartilhando essas ideias e conhecimentos conosco. Tenho certeza que cada dia que passa o Geomarketing traz coisas novas para enriquecermos nosso conhecimento como pessoas e profissionais.

    Abraços, Eliane Lages.